Futebolistas do Bayern de Munique voltam a renunciar a parte dos salários

  • Lusa
  • 30 Maio 2020

Os futebolistas do Bayern de Munique renunciaram novamente a parte dos seus salários até final da época, para ajudar o clube a fazer face à crise provocada pela pandemia de covid-19.

Os futebolistas do Bayern de Munique renunciaram novamente a parte dos seus salários até final da época, para ajudar o clube a fazer face à crise provocada pela pandemia de covid-19, anunciou este sábado o presidente da instituição.

“É muito bom constatar que a nossa equipa compreende plenamente a situação e prescinde de parte do salário até final da época”, afirmou Herbert Hainer, em declarações ao jornal Bild, sem precisar qual o valor de que os jogadores abdicam.

Em abril, o plantel já tinha renunciado a 20% dos salários até final da temporada, devido à crise provocada pela pandemia de covid-19, que obrigou ao adiamento ou suspensão de quase todas as competições desportivas.

A Liga alemã, liderada pelo Bayern de Munique, foi retomada em 16 de março, e está a ser disputada à porta fechada.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Futebolistas do Bayern de Munique voltam a renunciar a parte dos salários

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião