BRANDS' ECO Galp doa mais de 400 computadores para ensino à distância

  • BRANDS' ECO
  • 15 Junho 2020

A iniciativa, em parceria com o projeto Student Keep, tem como objetivo assegurar que os alunos com recursos mais escassos possam concluir as atividades letivas.

A Fundação Galp associa-se ao projeto Student Keep e avança com equipamentos indispensáveis para a comunidade escolar, numa altura em que se conclui o ano letivo com milhares de alunos à distância.

Em articulação com o Ministério da Educação, a oferta de mais de 400 computadores abrange 1º, 2º e 3º ciclos. Esta iniciativa tem como objetivo assegurar que os alunos com recursos mais escassos possam continuar e concluir as atividades letivas.

O projeto Student Keep nasce das necessidades de adaptação do ensino ao atual contexto e do previsível agravamento da desigualdade no acesso à Educação. É composto por uma rede de voluntários e parceiros, onde se inclui a Fundação Galp, que procura mitigar este problema através da doação de equipamentos informáticos em articulação com os Agrupamentos Escolares.

A educação move o mundo e é por isso fundamental incentivar as crianças e jovens a continuarem os estudos mesmo num contexto sem precedentes e de enorme desafio. Para que a adaptação a esta nova realidade seja possível, a disponibilização de computadores é essencial.

Desde que o coronavírus deu os primeiros sinais em Portugal, a Galp e a sua fundação têm vindo a responder a pedidos de apoio, distribuindo a sua energia por hospitais, autarquias e instituições de solidariedade.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Galp doa mais de 400 computadores para ensino à distância

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião