Orçamento Suplementar passa na generalidade. Só PS deu voto favorável

O Orçamento Suplementar foi aprovado esta quarta-feira na generalidade com o voto favorável do PS e a abstenção do PSD, BE, PCP, PAN e PEV. CDS, IL e Chega votaram contra.

O Orçamento Suplementar foi aprovado na generalidade esta quarta-feira com o voto favorável do PS e a abstenção do PSD, BE, PCP, PAN, PEV e ainda da deputada não inscrita Joacine Katar Moreira. CDS, IL e Chega votaram contra.

O documento passará agora para a fase de especialidade onde já há exigências dos partidos. Os deputados podem apresentar propostas de alterações até dia 24 de junho e a votação de especialidade decorrerá no dia 30. A 3 de julho decorre a votação final global do Orçamento Suplementar.

Os partidos que se abstiveram deixaram claro que este não é um “cheque em branco” para o Governo, prometendo apresentar várias propostas de alteração durante a especialidade e sem dar garantias de que na votação final global deixarão passar o Orçamento Suplementar tal como ele foi entregue ao Parlamento.

(Notícia atualizada às 18h49 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Orçamento Suplementar passa na generalidade. Só PS deu voto favorável

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião