Maior acionista dá “luz verde” ao resgate da Lufthansa. Ações disparam

Perspetiva de salvação da empresa está a levar as ações a dispararem quase 30% em Frankfurt.

A Lufthansa tem “luz verde” dos acionistas para o resgate. Heinz Hermann Thiele, que até agora se opunha às condições impostas pelo governo germânico para ajudar a companhia aérea a sair da crise provocada pela pandemia, já veio dar o seu apoio à injeção de 9 mil milhões de euros.

“Irei votar a favor da proposta” de injeção que dará 20% do capital da empresa alemão ao Estado, ao abrigo do acordo que permite “salvar” a companhia aérea.

Esta declaração de Heinz Hermann Thiele, que detém 15,5% do capital da Lufthansa, ao Frankfurter Allgemeine, citada pela Reuters, permite acabar com o impasse que poderia por em risco a empresa.

Os acionistas da Lufthansa vai votar o acordo com o Estado através de uma reunião virtual, estando a aprovação garantida. Isto no mesmo dia em que Bruxelas formalizou o seu aval à recapitalização de seis mil milhões de euros e um empréstimo com garantia estatal de três mil milhões, dada a pandemia de Covid-19.

Apesar de significar o reforço do poder do Estado na companhia, a perspetiva de salvação da empresa está a levar as ações a dispararem quase 30% em Frankfurt.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Maior acionista dá “luz verde” ao resgate da Lufthansa. Ações disparam

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião