Liberty Seguros renova parceria com BMW Financial Services

  • ECO Seguros
  • 7 Julho 2020

Com a manutenção da parceria, a Liberty reforça a sua oferta de seguros do ramo automóvel, maioritariamente disponível através dos agentes profissionais de seguros e que são parceiros da empresa.

O objetivo da parceria é que os clientes da BMW (automóveis e motos) usufruam dos serviços prestados pela Liberty, “que foi a seguradora que apresentou a oferta mais vantajosa.”

Pelo 12º ano consecutivo a Liberty é a seguradora escolhida pela BMW Financial Services no âmbito do programa de distribuição de seguros do ramo automóvel. “A escolha deve-se às condições superiores que apresenta, tanto ao nível de preço como do serviço ao cliente, pela resolução exímia dos sinistros dos clientes comuns”, vinca a seguradora em comunicado.

Thierry Tacoen, diretor Comercial da BMW Financial Services, referiu: “Depois da consulta ao mercado, não temos dúvidas de que o serviço que temos hoje é o melhor. A decisão foi naturalmente ponderada pela oferta global que a Liberty consegue entregar: larga cobertura para os Clientes, custo do seguro para o cliente, equipa exclusiva de sinistros para os Clientes da BMW Financial Services, equipa de gestores de parceiro para a resolução dos vários temas do dia-a-dia e apoio comercial constante”.

É com enorme orgulho que confirmamos que voltamos a ser escolhidos e vamos manter esta parceria. A nossa expectativa é a de que este seja mais um exemplo de boas parcerias, para que outras instituições queiram também colaborar ativamente na oferta de melhores condições para todos os clientes e segurados,” destacou Jesus Nuñez, diretor executivo de Vendas e Distribuição da Liberty na Europa, citado no documento.

A BMW Financial Services é uma empresa do BMW Group.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Liberty Seguros renova parceria com BMW Financial Services

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião