Pilotos da British Airways aceitam redução de salário para reduzir demissões

  • Lusa
  • 23 Julho 2020

Os pilotos verão seu salário reduzido inicialmente em 20%, valor que diminuirá para 8% nos próximos dois anos e chegará a zero, mas a longo prazo, revela o sindicato.

A companhia aérea British Airways conseguiu um acordo com o sindicato dos pilotos britânicos BALPA para ajustar as condições laborais destes trabalhadores devido à crise provocada pelo coronavírus, divulgou o grupo de aviação IAG.

Em comunicado, o grupo IAG (International Airlines Group), que além da British Airways inclui as companhias aéreas espanholas Iberia, Vueling e LEVEL e a irlandesa Aer Lingus, expressa sua “satisfação” com o pacto alcançado, que foi anunciado na quarta-feira à noite pela representação sindical.

O BALPA, que é a associação profissional e sindicato que representa os pilotos britânicos, anunciou que submeterá a votação entre os seus membros, até 30 de julho, o plano de “proteção ao emprego” acordado com a direção após três meses de negociações, depois de a empresa ter informado que planeava despedir 1.255 pilotos e voltar a contratar mas com diferentes condições de trabalho.

A proposta, que o sindicato apoia e será submetida a consulta pelos 4.300 pilotos, inclui cerca de 270 demissões obrigatórias, número que deverá ser reduzido com as medidas voluntárias de mitigação propostas.

Os pontos acordados excluem a possibilidade de “demissão e recontratação (com piores condições)” e admitem a opção de trabalhar a meio tempo, despedimento com indemnização e licenças voluntária, explica a estrutura sindical.

De acordo com o comunicado, seria criada uma espécie de bolsa de 300 pilotos que receberiam menor remuneração e estariam preparados para regressar ao trabalho assim que a procura aumentasse.

Os pilotos verão seu salário reduzido inicialmente em 20%, valor que diminuirá para 8% nos próximos dois anos e chegará a zero, mas a longo prazo, indica o sindicato. “O BALPA aconselha os seus membros a aceitarem estas propostas como as melhores que podem ser alcançadas nestas circunstâncias”, diz a representação sindical.

O secretário-geral Brian Strutton lamenta que a empresa não tenha aceitado “o pacote completo de medidas mitigadoras” sugeridas pelo sindicato, que – disse – “teriam evitado a perda de empregos, sem nenhum custo para a British Airways”.

No seu comunicado, o IAG “congratula-se com o anúncio feito ontem [quarta-feira] à noite pelo sindicato de pilotos da British Airways, BALPA, de que pretende realizar um voto consultivo junto dos seus membros a respeito de um acordo sobre as propostas de reestruturação alcançado entre o sindicato e a companhia aérea em resposta à crise da Covid-19 que afeta o setor de aviação”.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Pilotos da British Airways aceitam redução de salário para reduzir demissões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião