Tiago Mayan candidata-se à Presidência da República com apoio do Iniciativa Liberal

  • ECO
  • 25 Julho 2020

Liberal anunciou este sábado a candidatura, juntando-se assim a uma lista oficial que incluía apenas o presidente do Chega, André Ventura.

Tiago Mayan vai ser candidato à presidência da República. O advogado do Porto, que terá o apoio do Iniciativa Liberal, explica a candidatura dizendo-se “cansado bolha política em que o sistema vive”. “Sou candidato para que um grande espaço político, que congrega liberais e aqueles que não se reveem num Presidente que abdicou de o ser e em populistas de esquerda e de direita, tenha em quem votar”, refere Tiago Mayan, num comunicado divulgado este sábado.

Nascido do Porto, o político de 43 anos é advogado de formação. Esteve envolvido nas campanhas e movimento “Porto, o Nosso Partido”, que elegeram Rui Moreira para a Câmara Municipal do Porto e é atualmente membro suplente da Assembleia da União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde. Foi um dos fundadores e é presidente do conselho de jurisdição do Iniciativa Liberal.

Sou candidato contra uma sociedade dependente do Estado, contra o marasmo e estagnação, a corrupção, o nepotismo, o compadrio, as portas giratórias, as teias de interesses, o populismo, a governamentalização da Justiça. Sou o candidato liberal, que não vai ser submisso a qualquer governo, nomeadamente um governo socialista que ataca direitos e liberdades individuais e mantém o país da estagnação. Um candidato em quem o eleitorado moderado e liberal poderá votar”, acrescenta Mayan.

O liberal promete dizer a verdade aos portugueses e reconhecer cada cidadão na sua individualidade, enquanto rejeita adaptar a sua ação em função de conveniências pessoais ou remeter-se a uma posição de “impotência perante desvios éticos noutros órgãos de soberania”.

As próximas eleições presidenciais em Portugal irão acontecer em janeiro de 2021. Até agora, o único candidato oficial era André Ventura, presidente do Chega. No entanto, há outros nomes apontados, incluindo o do atual presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Marcelo já disse que só irá comunicar a sua decisão sobre uma eventual recandidatura nas presidenciais de 2021 após convocar essas eleições, “provavelmente em novembro”. Outros nomes de possíveis candidatos incluem a socialista Ana Gomes ou a bloquista Marisa Matias.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tiago Mayan candidata-se à Presidência da República com apoio do Iniciativa Liberal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião