É assim o interior do avião que vai levar turistas ao espaço. Viagens custam 250 mil dólares

  • ECO
  • 29 Julho 2020

Já se conhece o interior do avião que vai levar seis passageiros a uma viagem ao espaço, ainda sem data definida. Lugares podem ser reservados a partir de 1.000 euros.

Já é conhecido o interior do avião espacial que vai levar turistas ao espaço, numa distância de 97 quilómetros acima do planeta Terra. O VSS Unity vai partir dos Estados Unidos, mas ainda não há uma data estimada. Com capacidade para seis passageiros, já é possível fazer reservas de lugares, que custarão 250.000 dólares (cerca de 213.000 euros) por pessoa. Agora, a Virgin Galactic mostra o interior do avião para aguçar ainda mais o apetite.

Assentos reclináveis individuais, iluminação que varia conforme as fases do voo, ecrãs com informação em direto sobre o voo, 16 câmaras para fotografar e filmar toda a viagem, 12 janelas de cabine com vista para a Terra (duas para cada pessoa), um espelho que reflete a experiência de ser astronauta em tempo real e a possibilidade de experimentar a gravidade zero.

Estas são as principais características daquela que será a aeronave que vai levar seis pessoas ao espaço, numa distância de 97 quilómetros acima do planeta Terra, lê-se no site da Virgin Galactic, empresa responsável pelo avião.

Por enquanto ainda não há uma data prevista para a viagem, mas sabe-se que o avião vai partir do aeroporto da Virgin Galactic, no Novo México, nos Estados Unidos, junto a um avião maior que, minutos depois, se separará.

Uma viagem custará 250 mil dólares e já podem ser reservados lugares a partir de 1.000 dólares (852 euros), sendo que os astronautas têm vantagem. De acordo com a empresa, já há mais de 600 assentos reservados e mais de 8.000 pessoas demonstraram interesse.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

É assim o interior do avião que vai levar turistas ao espaço. Viagens custam 250 mil dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião