Mudar de fundo de pensões vai custar máximo de 0,5%

  • ECO
  • 29 Julho 2020

Jornal de Negócios noticia que os limites máximos nas comissões estão previstos na revisão do regime jurídico do setor. Fundos de pensões ficam assim equiparados aos planos de poupança-reforma (PPR).

Aforradores vão poder mudar de fundos de pensões com um custo máximo de 0,5%, segundo noticia esta quarta-feira o Jornal de Negócios (acesso pago). A mudança, que está prevista na revisão do regime jurídico do setor, equipara os fundos de pensões aos planos de poupança-reforma (PPR).

Pela primeira vez, a legislação para os fundos de pensões determina os limites máximos das comissões que podem ser cobradas pelas empresas gestoras de fundos aos aforradores que queiram mudar. Investidores que tinham um fundo de pensões sem garantia de capital ou de rentabilidade não têm qualquer custo, enquanto os ditos 0,5% são aplicados a fundos de pensões com garantia de capital ou de retorno.

De acordo com o Negócios, a legislação resulta da transposição de uma diretiva europeia, bem como da revisão do regime jurídico da constituição e do funcionamento dos fundos de pensões e das suas entidades gestoras. Após publicação em Diário de República, o regime jurídico entrar em vigor a 1 de agosto.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Mudar de fundo de pensões vai custar máximo de 0,5%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião