Há 235 novos casos de Covid-19 e morreram mais duas pessoas

Foram identificados 235 novos casos de infeção pelo novo coronavírus em Portugal nas últimas 24 horas. O número total de casos sobe para 53.783.

Portugal registou 235 novos casos de infeção por Covid-19, elevando para 53.783 o número de infetados desde o início da pandemia. Trata-se de uma subida de 0,44% face ao dia anterior. Nas últimas 24 horas morreram mais duas pessoas com a doença, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde que a pandemia chegou a Portugal, a 2 de março, já morreram 1.772 pessoas vítimas da doença. Quanto ao número de pessoas dadas como recuperadas, são agora 39.374, ou seja, mais 197.

Tal como se tem observado ao longo das últimas semanas, a maioria das novas infeções foram na região de Lisboa e Vale do Tejo. Foram identificados 149 novos casos nesta região, o que representa 63,4% do total.

Boletim epidemiológico de 14 de agosto:

A Área Metropolitana de Lisboa mantém-se como a região com mais casos registados até ao momento (27.794 casos de infeção e 627 mortes), surgindo à frente do Norte (19.353 casos e 838 mortes), do Centro (4.568 casos e 253 mortes), do Algarve (957 casos e 17 mortes) e do Alentejo (799 casos e 22 mortes). Nas regiões autónomas, os Açores registam 184 casos e 15 mortos, enquanto a Madeira tem 128 pessoas infetadas (e zero mortes).

Quanto à caracterização clínica, a maioria dos infetados está a recuperar em casa, sendo que 348 estão internados (menos dez face a ontem), dos quais 41 em unidades de cuidados intensivos (mais dois). Há 1.298 pessoas a aguardar resultados laboratoriais, enquanto 36.345 pessoas estão sob vigilância das autoridades de saúde.

Questionada sobre a possibilidade de estarmos a viver uma segunda vaga, a ministra da Saúde reiterou que não sabe se os números que temos visto são “suficientes para caracterizar”, apontando que estamos numa “situação de estabilidade”, na conferência de imprensa habitual. “O que sabemos é que até uma vacina ou um tratamento eficaz, esta doença persiste”, por isso, “estamos sujeitos pelo menos a ondas”, explicou.

(Notícia atualizada pela última vez às 15h30)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há 235 novos casos de Covid-19 e morreram mais duas pessoas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião