Facebook já eliminou 7 milhões de conteúdos falsos sobre a Covid-19

  • Lusa
  • 20 Agosto 2020

O Facebook etiquetou com mensagens de advertência 98 milhões de peças de desinformação ligadas à covid-19, entre abril e junho, e eliminou sete milhões cujo conteúdo poderia causar danos físicos.

O Facebook etiquetou com mensagens de advertência 98 milhões de peças de desinformação ligadas à covid-19, entre abril e junho, e eliminou sete milhões cujo conteúdo poderia causar danos físicos, revelou esta quinta-feira um porta-voz da empresa.

A informação foi divulgada por um porta-voz da rede social em resposta a um relatório divulgado na quarta-feira pela plataforma global de cidadãos Avaaz, segundo o qual o algoritmo do Facebook “ajudou” a que redes que difundem desinformação sobre saúde atingissem 3.800 milhões de visualizações estimadas no último ano.

De acordo com esse documento, o pico aconteceu em abril, quando a crise da pandemia de covid-19 atingiu o seu máximo em muitos países.

[frames-chart src=”https://s.frames.news/cards/coronavirus-fora-da-china/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”1168″ slug=”coronavirus-fora-da-china” thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/coronavirus-fora-da-china/thumbnail?version=1597673924031&locale=pt-PT&publisher=eco.pt” mce-placeholder=”1″]

“Graças à nossa rede global de verificadores, entre abril e junho, etiquetámos com mensagens de advertência 98 milhões de peças de desinformação ligadas à covid-19 e eliminámos outros sete milhões cujo conteúdo poderia ter derivado em danos físicos“, afirmou o porta-voz do Facebook.

Além disso, acrescentou, dirigiram “mais de 2.000 milhões de pessoas para recursos de autoridades de saúde” e, quando alguém pretende partilhar um link sobre a covid-19, a rede social mostra “uma mensagem que permite conexão com informação confiável”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Facebook já eliminou 7 milhões de conteúdos falsos sobre a Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião