Walmart junta-se à Microsoft na corrida para comprar a Tiktok

A empresa dona da rede de supermercados Walmart junta-se à gigante tecnológica para comprar o Tiktok.

A Walmart, empresa norte-americana dona de uma das maiores redes de supermercados, anunciou que vai unir-se à Microsoft para apresentar uma oferta com o objetivo de comprar a famosa rede social de vídeos TikTok, anunciou a retalhista num comunicado a que Reuters (acesso livre) teve acesso.

“Estamos confiantes de que uma parceria entre o Walmart e a Microsoft iria ao encontro das expectativas dos utilizadores da TikTok dos EUA, satisfazendo simultaneamente as preocupações dos reguladores do governo dos EUA”, disse o retalhista na mesma declaração.

A ByteDance, empresa que detêm o TikTok, esteve em conversações para vender as operações da TikTok na América do Norte, Austrália e Nova Zelândia, que poderiam valer entre 25 e 30 mil milhões de dólares (equivalente a cerca de 21 a 25 mil milhões de euros) a empresas incluindo a Microsoft e a Oracle.

O Presidente dos EUA, Donald Trump, exigiu que a ByteDance da China, proprietária mundial da TikTok, vendesse as operações nos EUA, alegando ser um potencial risco de segurança nacional devido à enorme quantidade de dados privados que a aplicação está a compilar sobre os consumidores dos EUA.

O negócio deverá ficar em linha com as expetativas do magnata. Por outro lado, o Walmart disse que teria também benefícios, incluindo as capacidades integradas de comércio eletrónico e publicidade da TikTok noutros mercados.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Walmart junta-se à Microsoft na corrida para comprar a Tiktok

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião