Fed anima Wall Street. S&P 500 toca recorde pela 5.ª sessão consecutiva

Wall Street continua a tocar recordes. Para o S&P 500 é já a quinta sessão consecutiva a atingir máximos históricos.

A nova estratégia da Fed em relação à inflação, apresentada esta quinta-feira, e o otimismo em relação a um tratamento médico para a Covid-19 continuam a manter os investidores animados. Continua a puxar pelas bolsas norte-americanas, levando o S&P 500 a registar um novo recorde pela quinta sessão consecutiva.

A Fed anunciou uma nova estratégia, que deverá manter as taxas de juro inalteradas, num nível baixo, nos próximos tempos. Para além disso, os gastos dos consumidores nos EUA aumentaram mais do que o esperado em julho, fortalecendo as expectativas de uma forte recuperação do crescimento económico no terceiro trimestre do ano, nota a Reuters.

Com este contexto, o índice S&P 500 arrancou a sétima sessão consecutiva de ganhos, e está a subir 0,36% para os 3.497,19 pontos, o quinto máximo histórico de seguida. O tecnológico Nasdaq volta a “terreno” positivo nesta sessão, ao avançar 0,55% para os 11.688,93 pontos. Já o industrial Dow Jones ganha 0,38% para os 28.601,29 pontos.

A Coca-Cola destaca-se nos ganhos, ao subir 1,19% para os 48,80 dólares, depois de apresentar um plano de reestruturação, que vai incluir rescisões voluntárias.

A Walmart e a Microsoft voltam a subir no arranque desta sessão, depois de anunciarem que se vão juntar na oferta para comprar a aplicação chinesa TikTok. A dona da cadeia de supermercados avança 1,42% para os 138,59 dólares, enquanto a tecnológica soma 1,33% para os 229,60 dólares.

A Tesla tem também vindo a disparar, sendo que a sua avaliação chegou a atingir um máximo histórico durante a última sessão. Esta sexta-feira abre a avançar 3,42% para os 2.315,21 dólares.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Fed anima Wall Street. S&P 500 toca recorde pela 5.ª sessão consecutiva

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião