PSI-20 tropeça, mas fecha o mês acima da linha de água

Última sessão de agosto foi negativa para o PSI-20 com a Nos, o BCP e a Galp Energia a registarem quedas expressivas. Ainda assim, o índice de referência nacional terminou o mês no verde.

O PSI-20 fecha agosto com um tom negativo. O índice de referência nacional caiu 0,97% na sessão desta segunda-feira, para 4.301,08 pontos, no valor mais baixo em um mês. Apesar do tombo causado pelo desempenho dos “pesos pesados” Nos, BCP e Galp, a bolsa de Lisboa encerrou o mês acima da “linha de água”.

Os CTT afundaram 3%, enquanto a Nos perdeu 2,5%, o BCP 2,2% e a Galp Energia 1,84%. A maior queda foi, ainda assim, da Mota-Engil: a construtora corrige dos fortes ganhos em resultado do acordo para a venda de 30% do capital pela CCCC e caiu 5,63% para 1,576 euros por ação.

Em sentido contrário, apenas quatro cotadas se mantiveram no verde. A Altri subiu 1,11%, a Corticeira Amorim avançou 0,8%, a REN ganhou 0,62% e a Sonae Capital 0,58%.

A bolsa de Lisboa acompanhou na sessão a tendência vivida pelas restantes bolsas mundiais, que negoceiam mistas. O europeu Stoxx 600 caiu 1,1%, enquanto o francês CAC 40 cedeu 1,2%, o espanhol IBEX 35 perdeu 2,4% e o alemão DAX deslizou 0,8%.

No entanto, agosto fechou como sendo o quinto mês consecutivo de ganhos nas bolsas mundiais, que têm vindo a recuperar após o sell-off causado pela pandemia em março. Os setores de viagens e lazer foram dos que mais ganharam em agosto, enquanto as utilities registaram apenas ganhos ligeiros. As recuperações continuam assim a refletir os setores mais afetados pela pandemia.

Em Lisboa, a Mota-Engil liderou os ganhos mensais, com um disparo de 42,7%, seguido de perto da Sonae Capital, que avançou 39,7%. O PSI-20 subiu 0,12% em agosto, mas continua negativo no acumulado do ano.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PSI-20 tropeça, mas fecha o mês acima da linha de água

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião