Swiss Re reforça liderança no Top 50 das resseguradoras globais, segundo A.M. Best

  • ECO Seguros
  • 7 Setembro 2020

A companhia suíça manteve-se líder global e até reforçou a posição face à segunda da tabela, indica a listagem atualizada da agência A.M. Best com os 50 maiores grupos de resseguros em 2019.

A Swiss Re reforçou a sua liderança entre as maiores resseguradoras do mundo, segundo dados da agência especializada AM Best. Suportada pela dinâmica na sua carteira não-Vida, que expandiu em 25,1% no ano passado, a companhia beneficiou principalmente de grandes transações nos mercados americano e região EMEA (Europa, Médio-oriente e África). Em resultado da evolução no negócio não Vida, o grupo suíço cresceu 16% em prémios emitidos em 2019, para um valor total a rondar 42,23 mil milhões de dólares de prémios brutos (resseguro Vida e não Vida).

Aumentando a distância face à Munich Re, a concorrente mais próxima, o crescimento do negócio de catástrofes naturais e a evolução dos preços em linhas de negócio de desempenho mais fraco contribuíram para a expansão e liderança consolidada da Swiss Re.

A Munich Re, número dois no ranking Top 50 World’s Largest Reinsurance Groups, terminou 2019 com quase 37,9 mil milhões de dólares (prémios brutos Vida e não Vida), seguida da Hannover Re, com 25,4 mil milhões de dólares e a francesa SCOR, em quarto lugar, com 18,3 mil milhões de dólares. O quinto posto ficou atribuído à Berkshire Hathaway, com 16,09 mil milhões de dólares.

A tabela das 10 maiores completa-se com a Lloyd’s of London (14,98 mil milhões de dólares); China Reinsurance Corporation (13,16 mil milhões); Reinsurance Group of America (12,15 mil milhões); Great West Lifeco (10,15 mil milhões) e a Partner Re (7,28 mil milhões de dólares em prémios brutos emitidos).

Os 10 maiores grupos resseguradores responderam por 69% do total dos prémios de resseguro emitido pelas 50 maiores, indicador que continua a evidenciar elevada concentração de risco no grupo das dez maiores.

O rácio médio combinado dos 50 maiores grupos resseguradores aumentou para 102,4% em 2019, em ligeira deterioração face aos 100,9% calculados um ano antes.

A razão para o aumento deveu-se principalmente ao impacto social agravado em resultado de sinistros e tufões nos EUA na Ásia, bem como ao aumento das perdas resultantes das tempestades de 2018, explicou a AM Best.

A Swiss Re e a Munich Re continuarão provavelmente a ocupar os dois primeiros lugares da lista, uma vez que representaram quase 30% do total de prémios brutos emitidos pelo Top 50 em 2019, demonstrando ainda mais o domínio de grandes resseguradoras no topo da lista”, explicou Scott Mangan, diretor associado, AM Best, citado na plataforma Artemis-Reinsurance news.

O movimento de subida mais surpreendente na lista de 2019 foi protagonizado pela Validus Reinsurance Ltd (grupo AIG), galgando cinco posições para 28º, com o volume bruto de prémios a crescer 39% face a 2018.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Swiss Re reforça liderança no Top 50 das resseguradoras globais, segundo A.M. Best

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião