Portuguesa TOOLTO apresenta assistente virtual

  • ECO Seguros
  • 9 Setembro 2020

A startup da área dos serviços de mobilidade e insurtech, acaba de reforçar a sua equipa de 40 colaboradores com a inclusão do “CRISTIANO”, o seu novo assistente virtual.

A nova “estrela” da TOOLTO – Super Assistência quer ajudar a empresa a servir “ainda melhor e mais rapidamente os seus clientes,” anuncia a tecnológica em comunicado.

“Fluente em 32 línguas e suportado por soluções tecnológicas que incluem inteligência artificial e processamento de linguagem natural”, o foco do “CRISTIANO” é o mesmo que o da TOOLTO: “transformação digital através do desenvolvimento de plataformas de relacionamento com os clientes, que entregam tecnologia ao serviço dos Clientes, melhorando o serviço, reduzindo os custos e permitindo serem geradoras de proveitos adicionais”, afirma Nuno Sobral, fundador da empresa.

“A pandemia atual acentuou a necessidade de transformação digital, algo que esteve na fundação da TOOLTO, sendo o CRISTIANO, o fruto mais recente dessa filosofia”, reforça Sobral.

Desde o início da actividade em 2018, a TOOLTO atraiu acionistas de referência como a portuguesa Caravela ou o grupo Inter Mutuelles Assistance Group (IMA), líder francês e o quarto maior grupo mundial em assistência.

A startup portuguesa – que já alcançou 10 milhões de euros de atividade anual consolidada – surgiu da “necessidade de alterar o modelo existente de prestação de serviços de assistência e gestão de processos de serviço ao cliente na área dos Seguros, Banca, Automóvel, Gestoras de Frotas e Rent a Car,” explica ainda o comunicado.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Portuguesa TOOLTO apresenta assistente virtual

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião