Nasdaq perde mais de 4% numa semana negra para a tecnologia

As ações tecnológicas voltaram a cair esta sexta-feira, tendo afundado mais de 4% na semana. Sentimento foi misto na sessão.

As ações de grandes empresas de tecnologia cederam os ganhos registados no início da sessão, perdendo mais 0,7% esta sexta-feira. A correção levou o índice Nasdaq a uma perda acumulada de 4,1% nesta semana, que foi mais curta (e mais “negra”) do que o habitual em Wall Street.

Com menos uma sessão, devido ao feriado do labour day na segunda-feira, o S&P 500 fechou a semana a perder 2,5%, tendo recuperado apenas 0,08% nesta sessão. Já o industrial Dow Jones caiu 1,7% esta semana, depois de ter recuperado 0,48% esta sexta-feira.

O sentimento foi misto, numa altura em que as ações do setor tecnológico estão sob forte pressão vendedora. Os investidores temem que estes títulos tenham valorizado demasiado num curto espaço de tempo, e durante uma pandemia global com pesadas repercussões económicas em todo o mundo.

A generalidade das tecnológicas registou perdas substanciais nesta última sessão. A Apple cedeu 1,35%, enquanto a Amazon perdeu 1,81%. A Microsoft recuou 0,65% e o Facebook recuou 0,65%. A Peloton, que chegou a ganhar 6% depois de divulgar resultados positivos aos olhos dos investidores, acabou por perder 4,25%.

Em sentido inverso, a Tesla destacou-se com um ganho de 0,39%, para 372,80 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nasdaq perde mais de 4% numa semana negra para a tecnologia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião