Fundação Ageas lança programa de combate ao desemprego

  • ECO Seguros
  • 15 Setembro 2020

O programa promove transição de novos desempregados para o autoemprego, apoiando projetos de empreendedorismo sustentável. Cada uma das 10 ideias selecionadas terá apoio de 1500 euros.

A Fundação Ageas, em parceria com o Impact Hub Lisbon, acaba de lança um programa que “pretende ser uma resposta ao aumento do desemprego em Portugal, resultante da crise pandémica”, anunciou a instituição.

Através de uma versão online da Escola de Impacto – Programa de Empreendedorismo e Inovação Social, nasce o “Relança-te”, que consiste num “percurso de capacitação e motivação de oito meses que inclui um bootcamp, um programa de aceleração e incubação, acompanhado por formadores e mentores experientes”. Todas as fases preveem um processo de seleção e só os projetos selecionados seguem para a fase seguinte.

Célia Inácio, presidente da Fundação Ageas: “O programa quer ser parte da solução, evitar o desemprego de longa duração e ajudar a relançar a economia através da capacitação de pessoas”.

Para apoiar a mudança para o empreendedorismo, a Escola de Impacto online RELANÇA-TE oferece uma bolsa de 1500 euros a cada um dos dez projetos selecionados para os três meses de Incubação.

Célia Inácio, presidente da Fundação Ageas afirma: “A crise pandémica que vivemos teve fortes consequências a nível social e económico. O período de confinamento, e a consequente paragem da economia, aumentou drasticamente a percentagem de desempregados em território nacional. A Fundação Ageas quer ser parte da solução, evitar o desemprego de longa duração e ajudar a relançar a economia, através da capacitação de pessoas, mas também da motivação, por forma a voltarem a acreditar que é possível recomeçar, daí o nome desta versão da Escola de Impacto online “Relança-te”.”

O Impact Hub Lisbon, parceiro estratégico da Fundação Ageas, será responsável pela gestão e implementação do programa. Para Francesco Rocca, gestor da Impact Hub Lisbon:A crise pandémica de 2020 tem consequências graves, mas representa também uma oportunidade para criarmos e incentivarmos melhores soluções. Os negócios de impacto com preocupações sociais e ambientais são fulcrais na reconstrução social futura e pretendemos com este programa relançar carreiras e apoiar os empreendedores na construção do seu projeto”.

O programa, que promove a transição dos novos desempregados para o autoemprego, apoia projetos de empreendedorismo e inovação com responsabilidade social, ambiental ou económica, com modelos de negócio sustentáveis e objetivos de impacto adaptados ao mundo futuro.

O “Relança-te” destina-se a quem tem mais de 21 anos e ficou numa situação de desemprego, de lay-off ou com uma significativa redução do seu rendimento; Iniciou um projeto de empreendedorismo sustentável ou gostaria de empreender num projeto desta natureza; Tem disponibilidade total para participar no programa de aceleração e desenvolvimento, com elevado nível de compromisso.

As candidaturas para a primeira edição do programa estão abertas até 12 de outubro.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Fundação Ageas lança programa de combate ao desemprego

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião