TikTok Global vai lançar oferta pública de ações

  • Lusa e ECO
  • 21 Setembro 2020

A TikTok Global, a nova empresa que vai gerir a rede social de vídeos nos EUA, deverá lançar um IPO depois da conclusão do negócio com a Oracle e Walmart.

A TikTok Global, a nova empresa que chegou a acordo com as multinacionais norte-americanas Oracle e Walmart para poder continuar a operar nos Estados Unidos (EUA), vai lançar uma oferta pública de ações.

Em comunicado, a empresa tecnológica chinesa Bytedance, proprietária da aplicação TikTok, informou que a medida se destina a melhorar a “estrutura empresarial e a transparência”.

Segundo a nota, a TikTok Global realizará uma ronda antes da Oferta Pública Inicial (IPO), que deixará a companhia chinesa com uma participação de 80% na nova empresa. Porém, segundo o The Wall Street Journal (acesspo pago), ainda existem dúvidas quanto à percentagem da empresa que ficará nas mãos da ByteDance antes da operação.

A ByteDance esclareceu também que a contribuição de cinco mil milhões de dólares (4,2 mil milhões de euros) para um fundo de educação nos Estados Unidos (EUA), anunciada pelo presidente dos EUA, Donald Trump, não está relacionada com o acordo alcançado. Este montante baseia-se em estimativas dos impostos que a empresa terá de pagar nos próximos anos, segundo o comunicado, citado pela agência de notícias Efe.

O Governo dos EUA anunciou no sábado que ia adiar, por uma semana, a aplicação de medidas contra o TikTok, depois de o presidente dos EUA ter dado “luz verde” a um acordo para que pudesse continuar a operar no país, envolvendo a Oracle, como parceiro tecnológico, e a Walmart, em termos comerciais. O acordo prevê também que as duas empresas possam comprar até 20% da TikTok.

A TikTok Global será responsável pela prestação de serviços TikTok aos utilizadores nos EUA e “à maioria dos utilizadores no resto do mundo”, anunciaram as empresas.

O acordo também estipula que a TikTok Global “será detida maioritariamente por investidores americanos, incluindo a Oracle e a Walmart”, e que será uma empresa norte-americana independente, sediada nos EUA, com quatro norte-americanos entre os cinco membros do Conselho de Administração.

A Oracle, multinacional dos EUA de tecnologia informática, vai ser responsável por toda a informação dos utilizadores norte-americanas da aplicação chinesa de partilha de vídeos, e pela proteção dos sistemas informáticos, de modo a garantir o cumprimento das exigências de segurança nacional impostas pela administração Trump.

A Walmart, multinacional norte-americana de venda a retalho, vai fornecer as plataformas de comércio digital e outros serviços comerciais à TikTok, que tem cerca de 100 milhões de utilizadores nos EUA e quase mil milhões em todo o mundo.

O conselho de administração da TikTok Global incluirá o fundador da Bytedance, Zhang Yiming, e o presidente da empresa norte-americana Walmart, Doug McMillon. A Oracle terá acesso de segurança ao código fonte da aplicação TikTok, embora o acordo não inclua a transferência de algoritmos ou outras tecnologias.

Na sequência do anúncio deste acordo, o Departamento de Comércio norte-americano anunciou, no sábado, que ia adiar pelo menos até 27 de setembro a proibição de descarregamento da TikTok.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

TikTok Global vai lançar oferta pública de ações

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião