Maioria dos países da UE perdeu mais de 96% dos passageiros na pandemia

O impacto da pandemia na aviação foi "gritante" no segundo trimestre. A maior parte dos países da União Europeia perdeu mais de 96% dos passageiros. Portugal foi o quinto mais afetado.

Em todo o mundo foram tomadas medidas para evitar a propagação do coronavírus e isso trouxe consequências. O setor da aviação foi um dos mais afetados pela pandemia, sobretudo entre abril e junho, altura em que a maioria dos países da União Europeia (UE) perdeu mais de 96% dos passageiros face ao ano passado. De acordo com o Eurostat, Portugal foi o quinto país mais afetado ao apresentar uma quebra de 97%.

Se os dados do primeiro trimestre já tinham sido preocupantes, “o impacto no segundo trimestre é ainda mais gritante”, diz o Eurostat. Em comparação com o segundo trimestre do ano passado, o número de passageiros transportados caiu mais de 96% nos 19 Estados-membros da UE com dados disponíveis: Dinamarca, Alemanha, Estónia, Irlanda, Espanha, França, Croácia, Itália, Chipre, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Hungria, Holanda, Áustria, Portugal, Eslovénia, Eslováquia e Finlândia.

Espanha aparece no topo de tabela, com uma quebra de 99% nos passageiros transportados (-61,6 milhões de pessoas), à frente da Alemanha com menos 59,1 milhões (-97%) e de França com menos 44,2 milhões de pessoas (-97%).

Passageiros perdidos nos aeroportos dos Estados-membros da UE | Fonte: Eurostat, segundo trimestre de 2020Eurostat

E no topo das maiores reduções aparece ainda Portugal: foi o quinto país mais afetado no número de passageiros, ao perder 15 milhões de pessoas face ao ano passado, e o sexto mais afetado em termos de percentagem (-97%), refere o Eurostat. No segundo trimestre do ano, passaram pelos aeroportos nacionais 393.775 passageiros, bastante menos do que os cerca de 15,4 milhões observados no trimestre homólogo.

Na tabela abaixo, elaborada pelo Eurostat, é possível saber quantos passageiros passaram pelos aeroportos europeus este ano, fazendo ainda uma comparação com o mesmo período do ano passado.

Passageiros que passaram pelos aeroportos europeus nos primeiro e segundo trimestre de 2020 | Fonte: EurostatEurostat

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Maioria dos países da UE perdeu mais de 96% dos passageiros na pandemia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião