Projeto europeu de 8 milhões visa criar marketplace para ajudar na digitalização das PME

  • Lusa
  • 19 Outubro 2020

O projeto, intitulado Better Factory, visa desenvolver um marketplace, onde vários produtos e tecnologias serão disponibilizados às PME. É financiado em 8,5 milhões pelo programa Horizonte 2020.

Investigadores do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC) integram um projeto, financiado em oito milhões de euros, que visa desenvolver um marketplace para ajudar as empresas a tornarem-se mais digitais, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o instituto do Porto explica esta segunda-feira que o projeto, intitulado Better Factory, visa “promover o desenvolvimento da produção industrial” a nível europeu através do desenvolvimento de um marketplace (espaço de venda de produtos), onde vários produtos e tecnologias serão disponibilizados às pequenas e médias empresas (PME).

Financiado em 8,5 milhões de euros através do programa Horizonte 2020 da União Europeia, o projeto inclui 28 parceiros de 18 países europeus, desde fornecedores de tecnologia, entidades do setor industrial, especialistas em questões legais e agentes de comunicação e disseminação.

Citado no comunicado, Rafael Arrais, investigador do INESC TEC, afirma que o intuito do projeto, que tem a duração de quatro anos, é “criar um balcão único, onde as PME do setor industrial podem comprar produtos e serviços de fornecedores de tecnologia, designers, formadores ou apoio financeiro”.

Durante o projeto, os especialistas vão analisar o “portefólio atual de produtos e serviços” para redesenhar os produtos personalizáveis, usando novas tecnologias digitais, o que pode originar “novos produtos, modelos de negócio ou marcas”.

O projeto fornecerá ainda um sistema de Planeamento e Programação Avançada de Produção (APPS) para que os fabricantes “testem ferramentas comerciais para otimizar resíduos, energia, recursos e logística”.

Também César Toscano, investigador do instituto do Porto, esclarece que as pequenas e médias empresas vão ter acesso “a diferentes recursos de apoio à digitalização”, seja em ambiente virtual, seja nas áreas de robótica e automatização ou ferramentas de simulação em três dimensões (3D).

Durante o projeto vão ser lançados dois concursos, o primeiro em janeiro de 2021 para apoiar “oito equipas europeias constituídas por PME, designers e fornecedores de tecnologia”. As candidaturas, que serão apoiadas durante um ano, vão ter um financiado até 200 mil euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Projeto europeu de 8 milhões visa criar marketplace para ajudar na digitalização das PME

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião