Vídeo do Turismo do Centro vence prémio ART&TUR

  • ECO
  • 24 Outubro 2020

O filme da autoria de Simão Lopes e Tiago Cardoso foi produzido pela Slideshow e o prémio foi atribuído por um júri internacional de 31 especialistas. 

O vídeo promocional do Turismo Centro de Portugal, apelidado de “A Vida É Agora”, ganhou a competição nacional da 13.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Turismo (ART&TUR).

O filme da autoria de Simão Lopes e Tiago Cardoso foi produzido pela Slideshow e o prémio foi atribuído por um júri internacional de 31 especialistas. O mesmo filme ganhou ainda nas categorias de responsabilidade social e de “destinos – regiões”, na competição nacional, e em segundo lugar na categoria “destinos – regiões” na competição internacional.

O vídeo é “um sinal de esperança e renascimento, gerado em plena pandemia“, escreve o Turismo do Centro, assinalando a “mensagem de esperança e de renascimento, após o mundo ter despertado em 2020 para uma realidade imposta pela pandemia de covid-19“.

Sentimo-nos muito honrados com mais esta importante distinção, atribuída por um júri internacional, ao mais recente filme promocional do Centro de Portugal. Um filme que nasceu numa época particularmente difícil para todos e que pretende assinalar, de forma leve e despretensiosa, que há turismo para além da pandemia e que, depois de um período difícil, haverá tempo para a região, o país e o mundo renascer, com otimismo”, diz Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, em comunicado enviado às redações.

Na competição internacional do certame, o prémio foi para o filme “The Nameless Call”, produzido pela empresa italiana Wow Tapes. O vídeo foi gravado na Costa Rica.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Vídeo do Turismo do Centro vence prémio ART&TUR

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião