5 coisas que vão marcar o dia

Semana chega ao fim, mas não sem antes se fazer contas à economia. INE revela a primeira estimativa do PIB português no terceiro trimestre, já o Eurostat apresenta o dos restantes países europeus.

Depois de afundar no segundo trimestre, período marcado pelo confinamento por causa da pandemia do novo coronavírus, o que aconteceu à economia portuguesa no terceiro trimestre? É isso que o INE vai revelar, isto ao mesmo tempo que o Eurostat dá a conhecer os números dos restantes países europeus. Na agenda desta sexta-feira está também a segunda vaga desta pandemia, que deverá obrigar a novas medidas de contenção do vírus. Antes do Conselho de Ministros Extraordinário, António Costa recebe os partidos em São Bento.

PIB cresce depois do confinamento (mas cai em termos homólogos)

O Produto Interno Bruto de Portugal registou, entre abril e junho deste ano, uma diminuição de 16,3% face aos mesmos três meses de 2019. Foi uma quebra abrupta, explicada pelo confinamento após ter sido decretado o estado de emergência por causa da pandemia. No terceiro trimestre, com a economia a reabrir, o INE deverá revelar um forte crescimento do produto em cadeia, mas deverá manter uma quebra expressiva na comparação homóloga. Ao mesmo tempo, o Eurostat dará a conhecer o PIB dos restantes países europeus, sendo importante observar a evolução da economia dos “motores” da região, a Alemanha e França.

Vendas de volta ao normal? INE tira o pulso ao retalho

Além do PIB, o INE vai divulgar outros indicadores relevantes, nomeadamente a inflação. Mas também serão reveladas as vendas do comércio a retalho referentes ao mês de setembro. Depois de terem diminuído 4,5% em agosto, uma queda mais acentuada do que a de 3% em julho, manter-se-á a tendência negativa?

Parceiros reúnem com Mendes Godinho

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, acompanhada do Secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional, Miguel Cabrita, têm mais uma reunião com os parceiros sociais. Em cima da mesa está, como não poderia deixar de ser, a evolução da pandemia, mas o tema “quente” será a suspensão excecional dos prazos de sobrevigência da contratação coletiva.

Costa ouve partidos antes de mais medidas contra a Covid-19

O Governo tem agendado para sábado um Conselho de Ministros Extraordinário onde deverá aprovar novas medidas para travar o aumento de casos de infeção por Covid-19. Antes dessa reunião, António Costa vai falar com todos os partidos com assento parlamentar, informando-os do que poderá ser decidido pelo Executivo. Encontros começam às 10h00, com o PSD, terminando apenas às 18h30, hora em que deve receber o PS

Mais resultados na bolsa de Lisboa

Depois da Galp Energia, EDP e EDP Renováveis, mas também do BCP, prossegue a apresentação de contas das empresas que “militam” na principal montra do mercado de capitais português. Esta sexta-feira é a vez de os investidores ficarem a saber a evolução das contas da Semapa, isto depois de a Navigator ter anunciado que os seus lucros encolheram para metade nos primeiros nove meses deste ano.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião