Trump diz que declarará vitória “quando houver vitória, se houver vitória”

Naquela que aparenta ser a primeira vez que Trump assume que o resultado das eleições é incerto, o Presidente admitiu à Fox que declarará vitória "quando houver vitória, se houver vitória".

Recandidato à presidência dos EUA nas eleições desta terça-feira, Donald Trump assumiu que declarará vitória “quando houver vitória, se houver vitória”.

A declaração foi feita pelo presidente incumbente numa entrevista ao canal conservador Fox News, quando questionado se planeia declarar vitória se os primeiros resultados da contagem dos votos o colocarem na frente da corrida.

“Creio que as sondagens são sondagens de supressão. E penso que vamos ter uma vitória. Mas só quando houver vitória”, acrescentou Donald Trump ao programa matinal Fox & Friends, citado pelo The New York Times, naquela que aparenta ser a primeira vez que o Presidente admite que o resultado da eleição é incerto.

Devido ao volume sem precedentes de votos por correspondência, por causa da pandemia, politólogos e especialistas têm apontado para a alta probabilidade de o vencedor das eleições não ser conhecido nesta noite eleitoral. Ora, nos debates presidenciais, Donald Trump também não quis comprometer-se com uma transição pacífica de poder caso perca as eleições, como têm apontado as sondagens.

Tal tem espoletado o receio de que a campanha de Donald Trump se precipite e declare que Trump é o vencedor, mesmo que não sejam ainda conhecidos dados suficientes que permitam assegurar essa vitória. A imprensa norte-americana, que segue os resultados atentamente e em tempo real, tem alertado também que poderão existir flutuações sobre quem pode ser o vencedor ao longo da contagem.

Uma declaração de vitória antes do tempo poderá atirar as eleições norte-americanas para uma situação de caos devido à elevada polarização da sociedade. No primeiro debate presidencial, Donald Trump provocou surpresa por ter apelado à vigilância ativa das eleições por parte de um grupo de extrema-direita com historial de violência.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Trump diz que declarará vitória “quando houver vitória, se houver vitória”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião