GNB Seguros procura novos parceiros para expandir negócios

  • ECO Seguros
  • 10 Novembro 2020

A seguradora do Crédit Agricole tem a administração confirmada por 4 anos e quer canais de distribuição com novos parceiros para alavancar o know-how da companhia e do Grupo francês.

A GNB Seguros, agora detida a 100% pela Crédit Agricole Assurances, o 7º maior grupo segurador europeu com 37 mil milhões de euros de prémios emitidos em 2019, teve a sua administração confirmada pela ASF e vai agora desenvolver a sua estratégia para Portugal.

François Baudienville, administrador delegado da seguradora, definiu a ECOseguros os eixos fundamentais de desenvolvimento da seguradora:

  • Continuar a desenvolver o negócio de seguros não vida com o Grupo Novo Banco, de forma a maximizar o forte potencial do modelo de bancassurance, e oferecer as melhores soluções possíveis em termos de seguros aos seus clientes;
  • Acelerar o programa de transformação com base na inovação, no intuito de cumprir a “razão de ser” do Grupo Crédit Agricole que é trabalhar todos os dias no interesse dos seus clientes e da sociedade;
  • Desenvolver canais de distribuição com novos parceiros para alavancar o know-how da empresa e do Grupo Crédit Agricole Assurances”, conclui.

Em relação aos novos parceiros o CEO refere: “atualmente somos especialistas no modelo de bancassurance para clientes de retalho, profissionais independentes e PME’s, por isso acreditamos conseguir trazer valor a novos parceiros na área da banca”. François Baudienville, acrescenta “estamos abertos e queremos aproveitar oportunidades que surjam, mas já estamos a estudar e a desenvolver parcerias B2B2C nos segmentos de retalho e negócios”.

Administração confirmada até 2023

Entretanto a ASF confirmou os nomeados órgãos sociais da GNB Seguros para os próximos quatro anos. François Baudienville continua administrador delegado/CEO, cargo que já ocupava. O gestor tem carreira feita no grupo financeiro Crédit Agricole, dos quais quatro anos como diretor de auditoria da CA Assurances. Começou carreira na EY, após licenciatura em Sciences Po e mestrado na HEC, ambas em Paris onde esteve até liderar a GNB Seguros.

Guillaume Michel Oreckin é o Presidente e Jean-Luc François o vice-presidente e ambos acumulam estas funções com iguais exercidas na Abanca Generales De Seguros Y Reaseguros, recente parceria do Abanca com o Crédit Agricole para uma seguradora ibérica digital only. Hervé Hassan, Isaac Dias da Cunha e Mário Gouveia completam o conselho de administração.

A GNB Seguros, que completa 25 anos em 2021, acabou de reforçar a parceria a longo prazo com o Grupo Novo Banco, na área de distribuição de seguros Não Vida. Com um volume de prémios de cerca de 78 milhões de euros em 2019, dos quais cerca de um terço proveniente de seguros de saúde, a companhia é a 13ª maior seguradora em Portugal nos ramos Não Vida. A GNB Seguros manteve o nível de faturação no 1º semestre deste ano em relação a igual período do ano passado.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

GNB Seguros procura novos parceiros para expandir negócios

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião