Nas notícias lá fora: Taxas, Brexit e plástico

  • ECO
  • 29 Dezembro 2020

Durante a pandemia, os bancos de investimento arrecadaram um recorde em taxas. A partir de janeiro há novas regras para o comércio mundial de plástico. Saiba as notícias que estão a marcar o dia.

A pandemia não impediu os bancos de investimento de lucrarem com as taxas cobradas. Pelo contrário, permitiu angariar recordes. Numa volta ao mundo, as notícias vão de Espanha aos Estados Unidos, passando pela China. Destaque ainda para as novas regras para o comércio mundial de plástico que estão a caminho.

Financial Times

Bancos mundiais arrecadam recorde de 125 mil milhões em taxas em 2020

Os bancos de investimento em todo o mundo geraram um recorde de 124,5 mil milhões de dólares (101,9 mil milhões de euros) em taxas este ano, enquanto as empresas corriam para levantar dinheiro para sobreviver à pandemia. Este lucro inesperado veio quando os credores ganharam altas taxas de subscrição de dívidas e ofertas de ações para clientes como a Boeing, Airbnb e SoftBank. Foi um “ano muito robusto para a subscrição de dívidas e ações”, diz Jason Goldberg, analista do Barclays.

Leia a notícia completa no Financial Times (acesso condicionado, conteúdo em inglês)

Reuters

Câmara dos Representantes reaprova diploma da política de Defesa vetado por Trump

A Câmara dos Representantes norte-americana voltou a aprovar o diploma da política de Defesa do país, que tinha sido vetado por Donald Trump. Os congressistas da câmara “baixa” do Congresso aprovaram o projeto-lei com 322 votos favoráveis e 87 contra, bem acima dos dois terços necessários para a aprovação. O diploma tem de ir agora para o Senado. Se for aprovado, será a primeira vez desde que Trump iniciou o mandato que um documento vetado pelo Chefe de Estado é reaprovado pelo Congresso.

Leia a notícia completa na Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês)

South China Morning Post

Todos os Estados-membros aprovam acordo de investimento com a China

A China e a União Europeia poderão chegar a um acordo histórico para a proteção do investimento esta semana. Com este acordo, que levantou muitas reservas inicialmente, as empresas europeias passariam a ter condições de investimento mais privilegiadas na China do que as americanas, enquanto a China poderia ganhar margem de manobra tendo em conta que o objetivo de Joe Biden é fortalecer laços com os parceiros europeus para combater o aumento da posição dominante da China.

Leia a notícia completa no South China Morning Post (acesso livre, conteúdo em inglês)

The Guardian

Vêm aí novas regras para o comércio mundial de plástico

Mais de 180 países acordaram novas regras internacionais para lidar com o comércio mundial de plástico, onde as nações ricas “atiram” plástico contaminado às mais pobres. Estas regras entram em vigor a 1 de janeiro e visam tornar o comércio mais transparente, permitindo que países em desenvolvimento, como o Vietname e a Malásia, recusem resíduos de baixa qualidade e difíceis de reciclar antes mesmo de estes serem enviados.

Leia a notícia completa no The Guardian (acesso livre, conteúdo em inglês)

El País

Espanha dá ultimato de 72 horas para evitar um hard Brexit em Gibraltar

Exatamente 72 horas antes de o Reino Unido estar definitivamente fora da União Europeia, a ministra dos Negócios Estrangeiros espanhola garantiu que Espanha está disposta a facilitar a livre circulação de pessoas com Gibraltar. Contudo, alertou que, se não houver um acordo, Gibraltar será “o único lugar onde se aplica um hard Brexit”, isto porque aquele território espanhol está de fora do acordo alcançado entre o Reino Unido e Bruxelas há cinco dias.

Leia a notícia completa no El País (acesso livre, conteúdo em espanhol)

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Nas notícias lá fora: Taxas, Brexit e plástico

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião