EDP Renováveis foi a 44ª empresa com maior valorização do mundo em bolsa

  • ECO
  • 3 Janeiro 2021

No ranking das empresas com maior valorização bolsista do mundo, quem lidera é a Tesla. A EDP Renováveis aparece na 44ª posição, com uma variação de 138% em 2020 e chegou aos 20 mil milhões de euros.

O ano de 2020 foi de crise e incerteza por causa da pandemia da Covid-19, mas houve setores e empresas que beneficiaram da aposta dos consumidores e, logo, de investidores. De acordo com os cálculos do Financial Times (acesso pago, em inglês), a Tesla foi a empresa preferida dos investidores, com uma valorização de 787%, o que levou a companhia de automóveis elétricos a um valor de 669 mil milhões de dólares (mais de 551 mil milhões de euros). E a EDP Renováveis surge no 44º.

Na lista das 100 empresas que mais valorizaram em 2020, a EDP Renováveis, detida em mais de 80% pela EDP, valorizou 138% no ano que agora terminou, beneficiando de dois fatores relevantes: A eleição de Joe Biden nos EUA e a sua aposta no plano climático e o próprio Green Deal financiado por fundos comunitários. De acordo com o FT, o grupo EDP já investiu mais de 20 mil milhões de euros desde 2006, incluindo aqui a aquisição da Horizon nos EUA. A EDP renováveis fechou o ano a valer mais de 24 mil milhões de dólares (19,8 mil milhões de euros).

A EDP, recorde-se, foi liderada nos últimos 15 anos e até junho por António Mexia, e a EDP Renováveis por João Manso Neto. Os dois gestores foram suspensos de funções em julho por decisão do juiz Carlos Alexandre, na sequência do caso das rendas excessivas, mas até ao momento não há qualquer acusação. À data, o administrador financeiro, Miguel Stilwell, assumiu as funções de presidente executivo interino, tendo já fechado a última aquisição da EDP em Espanha, a Viesgo. E já apresentou uma nova lista, para o novo mandato de três anos que começa em 2021 e que vai a votos dos acionistas ainda em janeiro.

No ranking do Financial Times, o segundo lugar é do Sea Group, uma empresa com sede em Singapura das áreas do ‘home entertainment’ e ‘gaming’, que valorizou 446%, o que elevou a companhia a um valor acima dos 102 mil milhões de dólares (84 mil milhões de euros). E no terceiro lugar aparece a Zoom Video, a plataforma de vídeo muito usada nestes tempos de pandemia, que valorizou mais de 413%, para 96 mil milhões de dólares (79,1 mil milhões de euros). E na posição 100º? Curiosamente, é a empresa mais valiosa do mundo, a Amazom, de Jeff Bezos, com uma valorização de mercado de 79%, o que elevou o valor da companhia para 1.6 triliões de dólares (1,2 biliões de euros).

Na lista do FT, aparecem 36 empresas no ranking das empresas com maiores valorizações, com 30 companhias com sede nos EUA, e o setor tecnológico (em sentido amplo) foi claramente o vencedor deste ano de 2020.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP Renováveis foi a 44ª empresa com maior valorização do mundo em bolsa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião