EDP fecha novos contratos para dois projetos solares nos EUA

Os projetos, que deverão começar a operar em 2023, situam-se nos estados do Mississípi e Indiana, nos Estados Unidos da América.

A EDP Renováveis (EDPR) assegurou contratos a 15 anos para a venda da energia “produzida por dois projetos solares fotovoltaicos com 275 MW de capacidade instalada total”, segundo anunciou a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Os projetos, que deverão começar a operar em 2023, situam-se nos estados do Mississípi e Indiana, nos Estados Unidos da América. “Com este novo acordo, a EDPR tem agora globalmente 2,0 GW de capacidade solar fotovoltaica assegurada para o período de 2020-2023”, indicou ainda a empresa, no mesmo comunicado.

“O sucesso da EDPR em assegurar novos CAEs reforça o seu perfil de baixo-risco e a sua estratégia de crescimento baseado no desenvolvimento de projetos competitivos, inovadores e com visibilidade de longo-prazo”, acrescenta.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP fecha novos contratos para dois projetos solares nos EUA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião