Allianz é parceira oficial dos movimentos Olímpico e Paraolímpico até 2028

  • ECO Seguros
  • 13 Janeiro 2021

Marcando o arranque da parceria oficial, a seguradora promete apoiar os Movimentos com soluções e serviços de seguros personalizados, lançando ainda ações de promoção desportiva, em Pequim e Paris.

A Allianz foi nomeada seguradora global dos Movimentos Olímpico e Paraolímpico até 2028, uma parceria que vigora oficialmente desde 1 de janeiro de 2021. Consolidando a cooperação iniciada em 2006 com o movimento Paraolímpico, a Allianz “orgulha-se de ser o Parceiro Mundial de Seguros dos Movimentos Olímpicos & Paraolímpicos”, afirma Oliver Bäte, CEO da Allianz SE, citado num comunicado da companhia alemã.

“Como apoiante do ecossistema desportivo e através de valores comuns de excelência, amizade, inclusão e respeito, a Allianz e os nossos 148.000 funcionários e 100.000 agentes estão entusiasmados por cuidar e valer aos atletas, às suas famílias e às suas ambições”, explicou Baete.

Desde o anúncio da parceria em setembro de 2018, “a seguradora tem envolvido fãs, atletas, equipas e empregados através da saúde em quatro mercados-piloto – Austrália, China, França e Espanha”, salienta a companhia. A Allianz apresentou a Semana do Bem-estar do Comité Olímpico Australiano para mostrar formas de melhorar a saúde mental e trabalhou com o Comité Organizador dos Jogos Olímpicos de Paris 2024 “para encorajar as pessoas a caminhar e a correrem pelo “Club Paris 2024”, uma iniciativa para incentivar o exercício físico e fazer parte dos Jogos.

De acordo com o comunicado, a Allianz irá expandir as iniciativas locais para se ligar a atletas e adeptos em todo o mundo, patrocinando consumidores e empregados que, por exemplo, participem na estafeta da Tocha Olímpica em Pequim.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Allianz é parceira oficial dos movimentos Olímpico e Paraolímpico até 2028

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião