Chineses encaixam 534 milhões com venda de ações da EDP

Os chineses da China Three Gorges encaixaram 534 milhões de euros com a venda de 100 milhões de ações da EDP. Operação destinou-se a investidores institucionais qualificados.

A China Three Gorges (CTG), maior acionista da EDP, concluiu a venda de 100 milhões de ações da elétrica portuguesa, obtendo uma receita de 534 milhões de euros com a operação. A informação foi comunicada pelo grupo à CMVM.

O bloco de ações corresponde a cerca de 2,52% do capital da EDP e o montante do encaixe “corresponde a um preço de 5,34 euros por ação”, indica o conglomerado chinês na mesma nota. O BNP Paribas e o Credit Suisse atuaram como bookrunners do processo.

“A liquidação da colocação ocorrerá em 19 de janeiro de 2021. Após a liquidação da colocação, a CTG passará a deter 754.740.000 ações da EDP, sujeitas a um lock-up de 120 dias, sujeito a certas exceções”, lê-se na mesma informação.

Segundo o conglomerado, “esta transação complementa outros ajustes na posição da CTG no capital social da EDP nos últimos 12 meses, com a venda de uma participação de 1,8% no capital social da EDP […] em fevereiro de 2020, bem como a subscrição do aumento de capital de 1.000 milhões de euros em agosto de 2020, no qual a CTG reforçou a sua posição acionista”.

Com a venda destas ações, a CTG passa a controlar uma parcela de 19% da EDP, “continuando a apoiar a parceria estratégica estabelecida entre a EDP e a CTG há mais de nove anos, e que é um pilar fundamental da estratégia internacional da CTG”, refere o grupo em comunicado.

Concluindo, a CTG “reitera o seu total compromisso com esta parceria estável e duradoura, bem como com a renovada equipa de gestão da EDP e a sua estratégica focada na transição energética e na liderança nas energias renováveis a nível global”.

(Notícia atualizada pela última vez às 22h36)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Chineses encaixam 534 milhões com venda de ações da EDP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião