Zurich Portugal mantém teletrabalho há 10 meses

  • ECO Seguros
  • 17 Janeiro 2021

As medidas da Zurich para conter a Covid-19 remontam a fevereiro de 2020. Em regime de teletrabalho, a seguradora desenvolve ações que fomentam relações pessoais entre colaboradores e familiares.

Questionada sobre os efeitos do novo confinamento na continuidade do negócio, a Zurich considera que “o trabalho a partir de casa continua a revelar-se uma medida que em muito contribui para a prevenção do contágio da COVID-19 e, por isso mesmo, todos os nossos colaboradores, incluindo os 19 escritórios distribuídos pelo continente e ilhas, estão a trabalhar a partir de casa desde o dia 16 de março de 2020 – ainda antes de ser declarado o primeiro Estado de Emergência – e não há previsão de regresso aos escritórios”.

Desde março que “implementámos igualmente todas as medidas para mantermos o contacto e prestarmos todo o apoio aos nossos parceiros de negócio e clientes”, disse a ECO Seguros o CEO da companhia.

Além de permitir manter a continuidade do negócio, o trabalho a partir de casa trouxe oportunidades ao nível do desenvolvimento social da organização. Segundo o CEO da Zurich Portugal, no contexto do teletrabalho, “uma das principais medidas adotadas passou pelo lançamento do #BeConnected, um programa que visa fomentar, através de um conjunto de ações, as relações pessoais e profissionais entre os colaboradores da Zurich, demonstrando que mesmo a trabalhar a partir de casa, com a família, os nossos colaboradores conseguem estar ligados uns aos outros”.

“Entre 1 de dezembro e 6 de janeiro, levámos o Natal da Zurich a casa dos nossos colaboradores e parceiros de negócio através de um projeto criado para celebrar a época festiva, à distância, denominado Uma Hiztória de Natal”, complementou.

A loja de Lisboa está também encerrada desde março do ano passado e, como alternativa, “os clientes continuam a contactar-nos para o Zurich HelpPoint, o nosso contact center. Apesar do teletrabalho, o contacto com os nossos parceiros de negócio e clientes foi e continua a ser permanente, através de todos os nossos canais habituais”, referiu.

António Bico recordou ainda que as primeiras medidas implementadas na Zurich para conter a propagação da COVID-19 “foram tomadas ainda em fevereiro de 2020, em alinhamento com as orientações da Organização Mundial da Saúde, do Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças e da Direção Geral da Saúde”.

Entre as iniciativas concretizadas, o responsável da Zurich Portugal referiu o reforço da higienização e segurança dos escritórios, a sinalética de prevenção de contágio nos edifícios, o cancelamento de todas as viagens profissionais internacionais e nacionais, o cancelamento de todos os eventos internos e externos agendados e, entre outras, o cancelamento de reuniões dentro dos espaços da companhia e reuniões externas.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Zurich Portugal mantém teletrabalho há 10 meses

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião