Lisboa segue quedas da Europa com pressão da Galp Energia

Praça portuguesa arranca semana em queda, à semelhança das restantes bolsas do Velho Continente. Investidores estão apreensivos com o aumento dos casos de Covid-19.

Depois das quedas na semana passada, o cenário mantém-se. Tal como nas restantes praças europeias, também Lisboa continua a perder valores, com os investidores receosos perante o agravar da pandemia. Na bolsa de Lisboa é a Galp Energia que mais pesa.

O Stoxx 600 recua 0,3%, sendo este comportamento o reflexo do desempenho negativo da generalidade dos índices da região numa sessão marcada pela apreensão dos investidores quanto aos novos casos de Covid-19 e aos impactos das medidas para conter a pandemia.

Em Lisboa, o PSI-20 cai 0,58% para cotar nos 5.009,95 pontos, com a generalidade das cotadas em “terreno” negativo. O destaque vai para os títulos do setor energético, nomeadamente a Galp Energia.

Com o petróleo a perder valor perante dúvidas quanto à evolução da procura mundial, por causa do impacto da pandemia na economia, a Galp Energia segue a perder 1,52% para cotar nos 8,814 euros. EDP e EDP Renováveis seguem com perdas ligeiras.

Nota também para as empresas do setor da pasta e papel, mais expostas à dinâmica económica global. Altri, Navigator e Semapa estão em queda, registando perdas em torno de 1%.

A pesar em Lisboa estão ainda os títulos da Sonae, que recuam 1,11% para 71,45 cêntimos, enquanto a Jerónimo Martins apresenta uma desvalorização de 0,64% para 14,725 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lisboa segue quedas da Europa com pressão da Galp Energia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião