ANECRA alerta para risco de aumento de falências

  • Lusa
  • 27 Janeiro 2021

Associação reconhece esforço do Governo, mas diz que medidas "devem ser urgentemente reajustadas e melhoradas tendo em vista as reais necessidades dos diferentes operadores económicos".

A Associação Nacional das Empresas do Comércio e da Reparação Automóvel (ANECRA) manifestou, esta quarta-feira, o seu apoio às medidas propostas pela Confederação do Comércio para enfrentar a crise económica e alertou para o risco de aumento de falências de empresas.

“A ANECRA enquanto a maior e mais antiga associação do setor automóvel português, apoia firmemente as medidas propostas pela CCP (…), dada a situação extremamente grave que o nosso tecido empresarial enfrenta, em particular o setor automóvel”, afirmou a associação num comunicado à imprensa.

A Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP) pediu na segunda-feira ao Governo medidas de apoio na área fiscal, alertando para o eventual encerramento de “muitas empresas” afetadas pelas novas restrições de combate à pandemia de covid-19.

A CCP, a cuja direção a ANECRA pertence, divulgou um documento com dez propostas ao Governo, entre elas, um regime especial de pagamento em prestações dos impostos sobre o rendimento (IRS, IRC) sem vencimento de juros e necessidade de apresentação de garantia.

Na sua nota de imprensa, a ANECRA considerou que “existe um elevadíssimo risco do disparo de falências de empresas e de desemprego em larga escala e um Pacote de Medidas Governamentais que, não obstante os seus méritos, devem ser urgentemente reajustadas e melhoradas tendo em vista as reais necessidades dos diferentes operadores económicos”.

No entanto, a ANECRA reconheceu “os méritos de muitas das medidas implementadas” pelo Governo, considerando que “são um esforço importante no sentido de tentar minorar os efeitos absolutamente devastadores sobre a economia portuguesa”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

ANECRA alerta para risco de aumento de falências

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião