Morreram mais 293 pessoas. Há 12.435 novos casos de Covid-19 em Portugal

Nas últimas 24 horas, foram identificados em Portugal 12.435 novas infeções e morreram mais 293 pessoas com Covid-19, de acordo com o boletim da DGS.

Foram identificados 12.435 novos casos de Covid-19, nas últimas 24 horas, segundo o boletim divulgado, este sábado, pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Morreram mais 293 pessoas infetadas pelo vírus pandémico, desde o último balanço.

De acordo com a atualização feita este sábado, subiu para 711.018 o número de casos de Covid-19 confirmados em Portugal, desde o início da pandemia, isto é, mais 12.345 infeções do que no último balanço. Destes novos casos, 5.961 foram identificados na região de Lisboa e Vale do Tejo, 3.155 no Norte, 2.499 no Centro, 436 no Alentejo, 268 no Algarve, 91 na Região Autónoma da Madeira e 25 na Região Autónoma dos Açores.

Quanto aos casos ativos, há agora menos 1.872 infeções a destacar do que na última atualização, totalizando 179.939 casos ativos. Por outro lado, foram dados como recuperados 14.014 utentes, nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia, 518.900 infetados já foram considerados “curados”.

No que diz respeito aos óbitos, subiu para 12.179 o número de utentes que faleceram infetados pelo vírus pandémico, isto é, nas últimas 24 horas morreram 293 pessoas. Destas, 136 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 65 no Norte, 63 no Centro, 17 no Alentejo, nove no Algarve e três na Região Autónoma da Madeira.

Desde a última atualização, houve ainda uma redução do número de internamentos (menos 83 utentes), totalizando agora 6.544 infetados nessa situação. Por outro lado, verificou-se uma subida do número de internamentos em unidades de cuidados intensivos: mais 37 utentes, perfazendo um total de 843 doentes nessa situação.

O boletim divulgado, este sábado, pela DGS indica também que há agora menos 142 contactos sob vigilância ativa. No total, há 225.365 nessa situação.

Portugal vive atualmente um confinamento geral, medida adotada após o agravamento da pandemia. Com os novos casos, internamentos e óbitos em máximos, tornou-se “evidente” aos olhos do Executivo a necessidade de conter a mobilidade dos portugueses, tendo sido determinado o confinamento do país, com o encerramento e suspensão de diversos setores de atividade.

Esta semana, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, sinalizou que o atual confinamento deverá ter uma duração mais prolongada do que a esperada. A situação que o país vive atualmente é a mais difícil desde o início da pandemia, sublinhou o Chefe de Estado.

(Notícia atualizada às 14h35)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Morreram mais 293 pessoas. Há 12.435 novos casos de Covid-19 em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião