Tem até hoje para pedir uma ajuda para a renda à Câmara do Porto

As candidaturas à 9.ª edição do "Porto Solidário" terminam esta segunda-feira. Câmara do Porto vai dar um apoio para pagar parte da renda ou da prestação da casa ao banco.

Os inquilinos que estejam com dificuldades em pagar a renda ou a prestação da casa ao banco podem pedir ajuda à Câmara do Porto. Através do programa “Porto Solidário”, a autarquia vai suportar uma parte desta despesa durante dois anos. A iniciativa já vai na 9.ª edição e as candidaturas terminam esta segunda-feira, depois de terem sido prolongadas.

Chama-se “Porto Solidário” e arrancou em 2014, com o objetivo de ajudar as famílias portuenses “que se encontrem em situação de fragilidade económica”, concretamente aquelas que “se encontrem em lista de atribuição de fogos sociais ou que (…) não foram consideradas como prioritárias para atribuição de uma habitação social”, refere o regulamento.

Assim, durante 24 meses (contados a partir do mês da candidatura), a autarquia de Rui Moreira vai suportar uma parte da renda ou da prestação bancária dos agregados familiares, até um máximo de 75% do valor mensal.

Para apresentaram a candidatura, os interessados podem fazê-lo através do site da Domus Social, agendando atendimento presencial no Gabinete do Inquilino Municipal (GIM) ou através da Junta de Freguesia da área de residência. É necessário anexar comprovativos quanto à composição do agregado familiar, rendimentos e condições do arrendamento ou do empréstimo bancário.

Desde que foi criado, o “Porto Solidário” já apoiou 4.334 mil famílias da cidade, num investimento superior a 6,5 milhões de euros, adiantou fonte da autarquia ao ECO. Atualmente há cerca de mil famílias a beneficiar deste apoio. Para esta 9.ª edição, cujas candidaturas terminam esta segunda-feira, Rui Moreira tem disponíveis 750.000 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tem até hoje para pedir uma ajuda para a renda à Câmara do Porto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião