Governo tira “cheques” para elétricos de passageiros às empresas

  • ECO
  • 2 Março 2021

Fundo Ambiental vai ajudar apenas os particulares a comprarem ligeiros de passageiros elétricos, remetendo as empresas para os de mercadorias. Haverá mais "cheques" para comprar bicicletas.

O Governo vai deixar de dar “cheques” para apoiar as empresas na compra de carros elétricos de passageiros. No âmbito do apoio à Introdução no Consumo de Veículos de Baixas Emissões, as pessoas coletivas ficam excluídas, passando apenas a estar disponíveis os benefícios para particulares, isto ao mesmo tempo que é reforçada, este ano, a verba destinada a financiar parte do valor gasto com a aquisição de bicicletas elétricas.

“Existe um conjunto de benefícios fiscais associado à compra destes veículos pelas empresas e que não são determinantes para a sua aquisição, ao contrário do que acontece com os particulares”, diz Eduardo Pinheiro, secretário de Estado da Mobilidade ao Diário de Notícias (acesso livre). Apenas poderão ter acesso ao apoio para a compra de ligeiros de mercadorias elétricos, num montante de 6.000 euros, num total de 900 mil euros.

O Fundo Ambiental terá, para ligeiros de passageiros, apenas 700 “cheques” de 3.000 euros, cada, destinados aos particulares. De acordo com a informação já disponível no site do Fundo Ambiental, este apoio será responsável por 2,1 dos quatro milhões de euros da dotação para os veículos de baixas emissões.

O milhão de euros que sobra será distribuído em “cheques” para duas rodas. Praticamente triplica o orçamento, de 400 mil para 1,1 milhões, prevendo o Fundo Ambiental financiar em até 350 euros por unidade, limitado a metade do valor de compra, no caso das bicicletas elétricas. No caso das convencionais, o apoio terá um teto de 100 euros, sendo que vai cobrar 20% da despesa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo tira “cheques” para elétricos de passageiros às empresas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião