Allianz, Munich Re e Google Cloud aliam-se para otimizar gestão de ciber-risco na nuvem

  • ECO Seguros
  • 3 Março 2021

A parceria supõe que as duas seguradoras utilizem as ferramentas de avaliação de risco que são propriedade do Google Cloud para obtenção de variáveis de subscrição mais eficientes.

A Allianz Global Corporate & Specialty (AGCS), filial de grandes riscos e linhas empresariais do grupo Allianz SE, e a Munich Re desenvolveram em conjunto uma nova solução para gestão de ciber-risco comercial designada Cloud Protection+.

Esta colaboração, em parceria com a Google Cloud, “fornece seguros de última geração exclusivamente concebidos para clientes da nuvem Google inscritos no novo Programa de Proteção de Risco” da tecnológica norte-americana.

Segundo explica um comunicado da AGCS, o Programa de Proteção de Risco tem duas componentes: Risk Manager, uma nova ferramenta que ajuda a determinar o nível de risco cibernético de um cliente na nuvem, e o Cloud Protection+, a nova solução de seguro cibernético construída exclusivamente para clientes do Google Cloud.

A nova solução de gestão de risco cibernético será inicialmente lançada para utilizadores do Google Cloud sediados nos EUA, perspetivando-se a possibilidade de expansão global da oferta em data posterior.

O novo produto permite as duas seguradoras utilizem as ferramentas de avaliação que são propriedade do Google Cloud para obtenção de variáveis de subscrição mais eficientes, produzindo uma avaliação de risco e um processo de subscrição de risco mais orientado para os dados. Tanto a AGCS como a Munich Re terão acesso aos dados dos relatórios de gestão de risco do Google Cloud para simplificar a contratação de seguros e a avaliação de risco.

“Como um dos três maiores riscos empresariais globais no Barómetro de Risco Allianz 2021, o risco cibernético é complexo e está em constante mudança, e as exposições às nuvens estão entre as ameaças mais relevantes da atualidade”, afirma Thomas Kang, Head of Cyber da AGCS no mercado norte-americano, citado no mesmo comunicado.

As empresas utilizam cada vez mais soluções baseadas na nuvem. De acordo com a Gartner Research, “até 2024, mais de 45% dos gastos em TI irão passar das soluções tradicionais para a cloud”. A utilização da nuvem “traz muitos benefícios, tais como custo reduzido, melhor análise de dados e colaboração alargada, mas também novos riscos potenciais em torno da segurança, conformidade e privacidade dos dados”, nota a AGCS.

Recentemente, a Allianz afirmou que as suas prioridades incluem o desenvolvimento de uma nova abordagem de subscrição para clarificar a exposição – particularmente ao nível do designado silent cyberem apólices de propriedade comercial e de acidentes. A governação e harmonização de produtos, bem como a expansão da rede global de prestação de serviços para tomadores de ciber-seguros são também áreas chave para a companhia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Allianz, Munich Re e Google Cloud aliam-se para otimizar gestão de ciber-risco na nuvem

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião