EMA começa a avaliar vacina russa contra a Covid-19. Admite acelerar aprovação

  • ECO
  • 4 Março 2021

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) vai avançar com a avaliação da Sputnik V. A necessidade desta vacina foi "deixada clara por cientistas, cidadãos, líderes empresariais e políticos".

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) vai arrancar com a avaliação da vacina russa. A Sputnik V, que já está a ser utilizada por alguns países da União Europeia, poderá vir assim a ser autorizada formalmente no espaço europeu, caso os testes validem a sua segurança.

“A EMA começou a avaliação da Sputnik V desenvolvida pelo Gamaleya National Centre of Epidemiology and Microbiology, da Rússia. O pedido de avaliação foi apresentado pela R-Pharm da Alemanha”, refere em comunicado.

A decisão de arrancar com esta avaliação tem por base os resultados em estudos laboratoriais e clínicos, realizados em adultos. Estes “estudos indicam que a Sputnik V estimula a produção de anticorpos e células imunitárias que atacam o SARS-CoV-2 e podem proteger contra a Covid-19”, refere.

Esta avaliação procurará avaliar se os benefícios da vacina superam os riscos. E só depois dessa procederá, ou não, à sua validação para comercialização no espaço europeu.

A EMA não dá prazos para esta avaliação, mas admite que será rápida. “Deverá levar menos tempo que o normal”, diz, salientando que a necessidade desta vacina foi “deixada clara por cientistas, cidadãos, líderes empresariais e políticos”.

Já há países na Europa a utilizarem a vacina russa. A Comissão Europeia não comprou doses desta vacina, mas poderá vir a fazê-lo uma vez garantida a segurança da mesma, podendo a Sputnik V ajudar a região a combater o vírus numa altura em que enfrenta constrangimentos nos fornecimentos por parte da Pfizer, Moderna e AstraZeneca.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EMA começa a avaliar vacina russa contra a Covid-19. Admite acelerar aprovação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião