Fernando Anastácio eleito relator da comissão de inquérito ao Novo Banco

O deputado socialista Fernando Anastácio foi eleito o relator da comissão de inquérito ao Novo Banco com voto favorável dos partidos.

Fernando Anastácio, deputado do PS, vai ser o relator da comissão de inquérito ao Novo Banco. O nome foi proposto pelo grupo parlamentar socialista e aprovado esta quarta-feira por todos os partidos, no dia em que arrancam as audições com o autor do relatório secreto do Banco de Portugal, João Costa Pinto.

“É uma tarefa difícil e complexa. O empenho será total, entendo que um relatório desta natureza deve ser norteado por rigor, por uma correta inventariação dos factos (…) devemos trabalhar no sentido de que as análises e ilações políticas sejam as mais consensuais possíveis. Espero que no final não seja um relatório do Fernando Anastácio ou do PS, mas que seja de toda a comissão de inquérito“, referiu Fernando Anastácio depois de ter sido designado pelos outros partidos.

O seu colega João Paulo Correia defendeu o nome proposto: “reúne as qualidades e fará o trabalho com absoluto empenho e rigor. É deputado que tem uma postura moderada. E o relatório terá de ser feito com diálogo”, disse João Paulo Correia.

Anastácio foi o nome indicado depois de a solução de ter um grupo de relatores não ter ido para a frente por indisponibilidade de “alguns partidos”, explicou João Paulo Correia.

Do PSD, Duarte Pacheco lembrou que elaborar o relatório “não é fácil”, mas que Fernando Anastácio “pode contar com a colaboração do PSD”. “Que o trabalho possa merecer o apoio tão alargado que mereceu o trabalho do inquérito ao BES”, frisou ainda.

Os outros partidos foram na mesma linha. “Que o relatório seja tão factual quanto possível”, disse Mariana Mortágua, do Bloco de Esquerda. “Que possa o relatório ser o mais fiel possível ao que aqui for apurado”, sublinhou Duarte Alves, do PCP. Cecília Meireles acrescentou: “Faço votos e confio no senhor deputado para que produza um relatório que seja aprovado pela esmagadora maioria, senão todos.

Fernando Anastácio integrou como membro efetivo a comissão de Inquérito à recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à gestão do banco.

O arranque da sessão desta quarta-feira ficou ainda marcada por uma crítica de Mariana Mortágua ao facto de o Governo não ter enviado ainda qualquer documento e de o Banco de Portugal ter selecionado a informação a enviar ao Parlamento. De resto, a deputada bloquista fez esse alerta em entrevista ao ECO.

A este propósito, Fernando Negrão alertou os deputados para os custos de tradução de alguns documentos. Há um documento em concreto que custa mais de 100 mil euros para traduzir.

(Notícia atualizada às 11h19)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fernando Anastácio eleito relator da comissão de inquérito ao Novo Banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião