Academia OutSystems da everis & Fidelidade recebe candidaturas até 19 de março

  • ECO Seguros
  • 11 Março 2021

A iniciativa, em parceria com o Instituto Superior Técnico de Lisboa, visa contribuir para qualificação e requalificação na área tecnológica, possibilitando contrato de trabalho no final do estágio.

A Fidelidade anunciou o lançamento da Academia OutSystems, everis & Fidelidade, um “programa remunerado direcionado a (re)qualificar recém-licenciados, mestres ou outros profissionais que pretendem investir ou acelerar uma carreira na área de tecnologia e desenvolver competências digitais”, anunciou a seguradora.

A Academia tem parceria do Instituto Superior Técnico de Lisboa (IST) e será desenvolvida com recurso a formação profissional de referência e a componente prática em projetos da everis e da Fidelidade.

Com o lançamento deste projeto, “a Fidelidade reforça a sua estratégia de investimento no talento, apostando na qualificação e requalificação profissional, com o apoio das tecnológicas OutSystems e everis para responder às necessidades identificadas no mercado em termos de profissionais com competências digitais, especialmente na plataforma OutSystems”, explica a seguradora num comunicado.

Para Teresa Rosas, Head of IT da Fidelidade, “com a associação a este projeto, a Fidelidade pretende antecipar as tendências de mercado, na área da tecnologia e do digital, reinventar as formas de desenvolver talento especializado em áreas estratégicas e assim contribuir para o progresso das organizações – algo que faz todo o sentido no percurso que temos tido na tecnologia Outsystems, onde continuamos a ser, desde há bastantes anos, um dos principais players”.

As candidaturas para a Academia podem ser feitas até ao dia 19 de março e o programa começa, em formato online, a 5 de abril, com uma duração de 12 meses. Os candidatos selecionados para a Academia terão acesso a um programa de formação reconhecido e acreditado pelo Conselho Científico do IST, informou a Fidelidade.

A formação conta com módulos de fundamentos de Engenharia de Software e Sistemas de Informação, e módulos de OutSystems, assegurando acesso ao exame de certificação de Reactive Web Developer (OutSystems 11); formações complementares essenciais para o mercado de trabalho em tecnologia; integração imediata em projetos OutSystems na Fidelidade; possibilidade de celebração de contrato de trabalho no final do estágio; acompanhamento constante de consultores everis e colaboradores da Fidelidade durante o período da formação e integração em projetos; e comparticipação integral dos custos da formação e atribuição de uma bolsa durante o período de formação.

A par da formação pelo IST em Engenharia de Sistemas de Software, os participantes obterão ainda a certificação em OutSystems.

Para André Esteves, responsável pela Academia OutSystems, everis & Fidelidade, “a Tecnologia é uma área profissional de crescimento e futuro assegurado e a OutSystems é uma das tecnologias mais requisitadas nos dias de hoje e em grande expansão no mercado nacional e internacional. A everis e a Fidelidade são duas empresas que mais apostam nesta tecnologia e têm excelentes oportunidades para receber novos consultores que abracem este desafio”.

Atualmente, mais de 120 universidades em todo o mundo oferecem treino em OutSystems e permitem que os seus alunos criem as suas próprias aplicações, complementa o comunicado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Academia OutSystems da everis & Fidelidade recebe candidaturas até 19 de março

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião