S&P iguala rating da EDP ao da República portuguesa

Agência de notação financeira reviu em alta o rating da EDP, passando-o para "BBB". Está, agora, igual ao de Portugal.

A Standard & Poor’s reviu em alta a notação financeira atribuída à Energias de Portugal (EDP), elevando-o de “BBB-” para “BBB”. Igualou, assim, o rating da elétrica liderada por Miguel Stilwell ao da República portuguesa.

“Revimos em alta o rating da EDP para ‘BBB’ de ‘BBB-‘”, colocando a perspetiva em “estável”, refere a agência norte-americana numa nota sobre a elétrica portuguesa.

Esta revisão em alta acontece dias depois de a S&P ter deixado passar a data agendada para uma atualização da classificação da dívida portuguesa, mantendo-se esta com um rating de “BBB”.

Tanto Portugal como a EDP têm agora, na perspetiva da S&P, o mesmo risco. A ajudar à melhoria da posição da agência de notação sobre a EDP está o plano estratégico apresentado pela empresa, que considera ser “positivo”. O plano “pretende acelerar o crescimento no negócio de baixo risco das renováveis e das redes reguladas — na Europa e nos EUA — com um ambicioso objetivo de investimentos de 24 mil milhões de euros até 2025”.

Ao mesmo tempo que Stilwell revelou as novas metas para a EDP, anunciou um aumento de capital da EDP Renováveis. Essa operação foi realizada rapidamente, garantindo 1,5 mil milhões de euros. Estes 1,5 mil milhões, mais os 750 milhões de euros obtidos pela EDP em títulos híbridos vieram “melhorar significativamente o balanço da EDP, assegurando parcialmente o financiamento para o plano vindouro”, diz a S&P.

Associando a estes financiamentos mais oito mil milhões de euros resultantes da rotação de ativos e outros dois mil milhões através da venda de ativos, a S&P vê uma redução da alavancagem da EDP. “Prevemos uma sustentável evolução das métricas creditícias da EDP”, nota a agência, justificando o seu novo rating para a elétrica.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

S&P iguala rating da EDP ao da República portuguesa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião