Programa de Arrendamento Acessível só celebrou 367 contratos

Quase dois anos depois de ter arrancado, o ministro da Habitação nota que não é neste programa que o Governo está focado para dar resposta ao arrendamento acessível

O Programa de Arrendamento Acessível (PAA) foi lançado no verão de 2019 mas, desde então, os números têm demonstrado pouco sucesso. Isto porque a iniciativa conta com os proprietários privados e a adesão tem sido baixa. Nestes quase dois anos de PAA, foram celebrados apenas 367 contratos de arrendamento, a maioria com rendas entre 20% a 40% abaixo às praticadas no mercado.

Do universo de contratos assinados, contam-se ainda 33 contratos com reduções de renda superiores a 41%, adiantou esta quarta-feira o ministro da Habitação, durante uma audição no Parlamento.

Os números são baixos, mas Pedro Nuno Santos afirma: “Não é neste programa que estamos focados para dar resposta ao arrendamento acessível”, disse, referindo que em andamento está um “projeto muito mais ambicioso de construção e reabilitação de imobiliário” do Estado.

Antes desta atualização, a secretária de Estado da Habitação tinha adiantado ao ECO, em dezembro, que nessa altura havia 250 contratos de arrendamento celebrados no âmbito do PAA. Nessa altura, Marina Gonçalves disse não estar satisfeita com estes números, mas admitiu que o próprio programa “não é o ideal, mas é o possível”.

Ainda em dezembro, a secretária de Estado adiantou ao ECO que se contavam 900 imóveis de privados inscritos. O PAA conta com a colocação no mercado de imóveis pertencentes a privados, mas cujas rendas sejam 20% inferiores às praticadas no mercado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Programa de Arrendamento Acessível só celebrou 367 contratos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião