Alemanha, França e Rússia negoceiam Sputnik V para a Europa

  • ECO
  • 31 Março 2021

Putin, Merkel e Macron discutiram a eventual utilização da Sputnik V na Europa. Em cima da mesa está também a possibilidade de produção da vacina no Velho Continente,.

Vladimir Putin, Angela Merkel e Emmanuel Macron discutiram, numa conferência telefónica que decorreu na terça-feira, a eventual utilização da vacina russa Sputnik V na Europa, adiantou o Kremlin. A notícia foi avançada pelo The Guardian (acesso livre, conteúdo em inglês), que refere que as questões inerentes a esta vacina estiveram no centro deste encontro.

A declaração emitida por Moscovo dá ainda conta de que, entre outros assuntos, foram discutidas as perspetivas de registo da referida vacina na União Europeia e a possibilidade de distribuição e produção conjunta entre nações que fazem parte do bloco europeu. Porém, o comunicado não esclarece qual dos líderes teve a iniciativa de levantar estas questões.

Na semana passada, o Governo alemão tinha já adiantado estar aberto a um possível uso desta vacina, se e quando fosse aprovado pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA). A posição de França é um pouco mais cautelosa, com o Ministro dos Negócios Estrangeiros, Jean-Yves Le Drian, a ter acusado a Rússia, bem como a China, de usarem as suas vacinas para ganharem influência internacional.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Alemanha, França e Rússia negoceiam Sputnik V para a Europa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião