PIB do Reino Unido contrai 9,8% em 2020, menos do que o estimado

  • Lusa
  • 31 Março 2021

Segundo o Office for National Statistics, estes dados mostram que a economia enfraqueceu mais do que o estimado no início da pandemia antes de recuperar.

O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido registou uma contração de 9,8% em 2020, inferior à prevista inicialmente de 9,9%, anunciou esta quarta-feira a Office for National Statistics (ONS).

De acordo com a ONS, o PIB cresceu 1,3% nos últimos três meses de 2020 — de outubro a dezembro — face ao trimestre anterior, o que representa uma revisão em alta de três décimas de pontos percentuais em relação à estimativa anterior de fevereiro passado.

O diretor adjunto de estatística do ONS, Jonathan Athow, disse hoje que estes dados mostram que a economia enfraqueceu mais do que o estimado no início da pandemia antes de recuperar.

O ligeiro crescimento do PIB entre outubro e dezembro de 2020 é semelhante ao de outras grandes economias ocidentais, uma vez que todas foram atingidas pelo encerramento forçado para conter a propagação do novo coronavírus.

Estes dados são divulgados quando o Reino Unido está a iniciar o levantamento gradual das restrições impostas para conter a covid-19, na sequência do progresso do plano de vacinação e de uma queda dos contágios e mortes.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PIB do Reino Unido contrai 9,8% em 2020, menos do que o estimado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião