Bosch, IKEA, Altice Labs e Huawei em consórcio para potenciar Indústria 4.0 em Portugal

O projeto Augmanity conta com um investimento de 8,5 milhões de euros e quer promover avanços em cinco áreas distintas, nomeadamente da Ciência de Dados, do 5G e da Internet das Coisas.

Um projeto de inovação liderado pela Bosch Portugal e que conta com a parceria científica da Universidade de Aveiro quer potenciar o desenvolvimento da Indústria 4.0 em Portugal. Com um investimento de 8,5 milhões de euros, o projeto Augmanity envolve a participação de várias empresas nacionais e internacionais.

Este é um projeto inteiramente direcionado para o setor da indústria, tendo como principal foco “o desenvolvimento e implementação de novas tecnologias relacionadas com indústria 4.0” em Portugal, de forma a tornar este setor mais competitivo, explica a Bosch em comunicado enviado às redações.

O objetivo é promover o desenvolvimento em cinco áreas tecnológicas distintas, nomeadamente da Ergonomia Industrial e Robótica, da Ciência de Dados, do 5G e da IoT (Internet das Coisas), da Visão Artificial, da Realidade Virtual e Aumentada e da vertente de Recursos Humanos em ambiente de Indústria 4.0.

O projeto visa, desta forma, contribuir para uma “melhoria da eficiência dos processos industriais”, por exemplo ao nível da sua “sustentabilidade ambiental”, mas não só. O projeto também pretende criar “produtos, processos e serviços inovadores” que sejam capazes de promover o desenvolvimento do setor industrial português.

O consórcio por detrás do Augmanity conta com um vasto número de empresas conhecidas nacional e internacionalmente, como o IKEA, Altice Labs e Huawei. Porém, a chancela científica do projeto é detido pela Universidade de Aveiro, instituição que investe a “participação multidisciplinar de vários Departamentos de Ciências, Engenharias e Escolas Politécnicas”, esclarece o comunicado.

Contando com um investimento de 8,5 milhões de euros para ser aplicado em investigação e desenvolvimento, este é um projeto financiado pelo Portugal 2020 que deverá desenvolver-se durante três anos. Assim, o Augmanity tem o mês de junho de 2023 como a data prevista para a sua conclusão.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bosch, IKEA, Altice Labs e Huawei em consórcio para potenciar Indústria 4.0 em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião