Semapa sobe quase 4% depois de revisão do preço da OPA

Num dia em que as praças europeias negoceiam junto da linha d'água, a bolsa nacional regista ganhos ligeiros, impulsionada pelos "pesos pesados". Semapa está em máximos de mais de um ano.

A bolsa nacional arranca mais uma vez o dia a negociar em “terreno” positivo, avançando assim para a sétima sessão consecutiva de ganhos. Já as congéneres europeias seguem sem tendência definida, negociando junto da linha d’água. BCP e Galp Energia ajudam a impulsionar o desempenho da praça lisboeta.

O PSI-20 sobe 0,08% para os 5.018,07 pontos. Entre as 18 cotadas do índice de referência nacional, a maioria encontra-se a valorizar, enquanto seis registam perdas e duas se mantêm inalteradas. A Semapa lidera os ganhos, ao valorizar 3,68% para os 12,40 euros, depois de a Sodim, holding da família Queiroz Pereira, ter subido o preço da oferta pública de aquisição que lançou sobre a cotada para 12,17 euros. A revisão aconteceu após uma reação negativa do mercado e apesar de a gestão ter considerado o preço oportuno.

A impulsionar o desempenho nacional encontram-se os “pesos pesados” da bolsa. O BCP avança 1,02% para os 0,1186 euros e a Galp Energia ganha 0,83% para os 10,055 euros. A EDP contribui também, ao subir 0,27% para os 5,126 euros.

Destaque ainda no setor da pasta e do papel, para a Navigator que avança 1,27% para os 2,86 euros e a Altri a somar 0,15% para os 6,51 euros.

A impedir maiores ganhos encontra-se a EDP Renováveis, que recua 1,12% para os 18,62 euros, e a retalhista Jerónimo Martins, que perde 0,38% para os 14,39 euros.

Pelo Velho Continente, o dia começa sem tendência definida, depois das bolsas europeias terem atingido máximos históricos com a aposta numa rápida recuperação económica global. O Stoxx 600, o índice que agrega as 600 principais cotadas europeias, arranca a sessão a recuar 0,1%. O espanhol IBEX avança 0,1% e o britânico FTSE sobe 0,4%, enquanto o índice alemão DAX e o francês CAC 40 começam a negociar na linha d’água.

(Notícia atualizada às 8h52)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Semapa sobe quase 4% depois de revisão do preço da OPA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião