Wall Street desvaloriza com investidores à espera dos resultados

As bolsas dos Estados Unidos fecharam a primeira sessão da semana no vermelho, com os investidores à espera do arranque da época de resultados e dos dados da inflação.

Os mercados norte-americanos terminaram a sessão desta segunda-feira abaixo da linha de água. Os investidores estão à espera da época de resultados do primeiro trimestre das empresas, que se aproxima, bem como dos dados da inflação nos Estados Unidos, que serão divulgados ainda esta semana.

O índice de referência em Wall Street, o S&P 500, recuou 0,02% para 4.128,1 pontos. Também em “terreno negativo”, o tecnológico Nasdaq perdeu 0,36% para 13.850 pontos e o industrial Dow Jones desceu 0,16% para 33.745,86 pontos.

Os investidores estão expectantes quanto à época de resultados trimestrais, que se aproxima, para avaliarem o impacto da pandemia nas contas das empresas. De acordo com a Reuters, os analistas esperam que os lucros das cotadas do S&P 500 subam 25%, face ao período homólogo, o que, a confirmar-se, será o melhor desempenho trimestral desde 2018.

A época de resultados arranca esta quarta-feira, com a apresentação dos números do Goldman Sachs, Wells Fargo e JPMorgan. Esta segunda, os títulos do primeiro desses bancos valorizaram 0,31% para 331,84 dólares, os do segundo avançaram 0,67% para 40,77 dólares e os do terceiro caíram 0,21% para 155,95 dólares.

Os investidores estão também à espera dos dados da inflação e das vendas a retalho nos Estados Unidos, que deverão ser conhecidos ainda esta semana. Este fim de semana, Jerome Powell, da Reserva Federal do EUA, disse que a economia norte-americano está num “ponto de inflexão”, havendo a expectativa de que o crescimento acelerará nos próximos meses.

Powell avisou, contudo, que o desconfinamento abrupto poderá resultar num aumento continuado dos casos de infeção pelo vírus pandémico. A propósito, de acordo com o Business Insider, os líderes das empresas norte-americanos estão a avisar a administração Joe Biden que o aumento de imposto sinalizado poderá tornar mais difícil novas contratações de pessoal e a valorização dos salários.

Tudo somado, o analista Peter Cardillo, da Spartan Capital Securities, explica, citado pela Reuters: “Estamos a ver um pouco uma inversão face ao que aconteceu na semana passada, quando o setor tecnológico estava forte e o financeiro e energético estavam fracos. Hoje [esta segunda-feira], vemos o oposto”.

Ainda assim, na sessão desta segunda-feira, destaque para a Tesla, cujos títulos somaram 3,69% para 701,98 dólares, depois da Canaccord Genuity ter revisto a recomendação para “comprar”, salientando que a empresa vai tornar-se na marca de referência para o armazenamento de energia.

Também na tecnologia, a Nuance Communications Inc viu as suas ações dispararem 15,95% para 52,85 dólares, após a Microsoft ter anunciado a compra desta empresa de inteligência artificial por 19,7 mil milhões de dólares.

No verde, também ficaram os títulos da Alibaba, subindo 9,27% para 244,01 dólares. Isto depois da empresa de comércio eletrónico ter assegurado que não espera um impacto considerável fruto da posição da China que obrigará esta plataforma a mudar a forma como lida com os comerciantes.

Destaque ainda para a GameStop, cujas ações desvalorizaram 10,91% para 141,09 dólares, no dia em que foi noticiado que a empresa está à procura de um novo diretor executivo para substituir George Sherman.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street desvaloriza com investidores à espera dos resultados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião