Lisboa negoceia na linha d’água. Galp sobe depois de anunciar lucros de 26 milhões

Em dia de ganhos ligeiros na Europa, a bolsa nacional oscila entre "terreno" positivo e negativo. Galp ajuda a puxar pelo desempenho, ao subir depois de apresentar resultados.

A bolsa nacional arranca a sessão a negociar junto da linha d’água, numa altura em que as congéneres europeias registam ganhos ligeiros. Perdas dos “pesos pesados” da praça lisboeta penalizam o desempenho, enquanto ganhos de mais de 1% de cotadas como os CTT ajudam a equilibrar a balança do índice de referência nacional.

O PSI-20 sobe 0,04% para os 5.002,39 pontos, mas oscila entre “terreno” positivo e negativo. Entre as 18 cotadas, são mais aquelas que arrancam a primeira sessão da semana a negociar em “terreno verde”.

Nos ganhos, destaque para a Galp Energia, que arrancou a sessão a cair, mas acabou por inverter e segue agora com uma valorização de 0,66% para os 9,408 euros. A petrolífera revelou esta segunda-feira que registou um lucro de 26 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, o que representa uma quebra de 13% face ao período homólogo.

Ainda em “terreno” verde, nota também para os CTT, cujos títulos avançam 1,10% para os 3,67 euros, e para a Altri, que soma 0,68% para os 6,635 euros.

Já nas perdas do índice de referência nacional, sobressai o BCP, que recua 0,89% para os 0,1116 euros, bem como a EDP, que perde 0,35% para os 4,881 euros. A subsidiária EDP Renováveis cai 0,10% para os 20,70 euros.

Pela Europa, o dia segue também a oscilar entre ganhos e perdas. O índice paneuropeu Stoxx 600 arrancou a subir 0.1%, bem como o alemão Dax e o espanhol Ibex 35. Já o francês Cac 40 segue inalterado, enquanto o britânico FTSE 100 perde 0,1%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lisboa negoceia na linha d’água. Galp sobe depois de anunciar lucros de 26 milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião