Índia ultrapassa 400 mil casos num só dia. É um novo recorde mundial

  • Lusa e ECO
  • 1 Maio 2021

Grupo de cientistas criado pelo Executivo indiano para o aconselhar, alertou, no início de março, para a existência de uma nova variante mais contagiosa, mas o Executivo ignorou os alertas.

A Índia registou mais de 400 mil casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, um novo recorde mundial de contágios, além de 3.523 mortos, anunciaram este sábado as autoridades indianas.

O país de 1,3 mil milhões de habitantes está a braços com um surto devastador, com novos máximos diários de infetados e mortos há vários dias.

Nas últimas 24 horas, as autoridades sanitárias diagnosticaram 401.993 novos casos, ultrapassando pela primeira vez as 400 mil infeções diárias, um recorde mundial desde que o SARS-CoV-2 foi identificado na China, em dezembro de 2019.

Na terça-feira, em declarações à Lusa, o professor de Física e Biologia Gautam Menon, especialista em modelos de previsão da pandemia, já antecipara que o número de casos na Índia deveria “chegar aos 400 a 500 mil” por dia, antes de o país atingir o pico da segunda vaga. “A maioria dos modelos sugere que os casos vão continuar a aumentar e que o pico será provavelmente em meados de maio”, disse então à Lusa o professor da Universidade Ashoka, na cidade de Sonipat, a 40 quilómetros de Nova Deli.

Só em abril, o país contabilizou mais de 6,9 milhões de infeções, contando atualmente mais de 3,2 milhões de casos ativos, segundo o Ministério da Saúde indiano.

A explosão do número de casos, atribuída a uma variante do vírus detetada na Índia, além de comícios eleitorais e festivais religiosos em grande escala, sobrecarregou os hospitais, onde faltam camas, medicamentos e oxigénio.

Um grupo de cientistas criado pelo Executivo indiano para o aconselhar, alertou, no início de março, para a existência de uma nova variante mais contagiosa que estava a disseminar-se pelo país, revelaram à Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês) cinco desses cientistas. Mas apesar dos alertas o Governo não tentou impor restrições mais significativas para tentar travar o espalhar da doença.

Para tentar conter os contágios o Executivo indiano decidiu manter a capital Nova Deli em lochdown durante mais uma semana.

O país alarga a partir deste sábado a todos os adultos a vacinação contra o novo coronavírus, mas a maioria dos estados indianos poderá não ter vacinas suficientes para iniciar a nova fase da inoculação, incluindo Maharashtra e Nova Deli, entre os mais afetados pela segunda vaga.

Goa, onde os hospitais se debatem com a falta de camas, é um dos estados obrigados a adiar o arranque da nova fase, devido à escassez de vacinas, com o Governo daquele estado indiano a pedir aos cidadãos que “não corram para os centros de vacinação no dia 1 de maio”.

“Apesar de o Governo de Goa ter encomendado 500.000 doses de vacinas [contra] a Covid-19 para o grupo etário dos 18-45 anos, a vacinação começará quando o estado receber as doses do fabricante”, avisou na sexta-feira o chefe do executivo, Pramod Sawant, na rede social Twitter.

A Índia administrou até agora cerca de 154 milhões de vacinas contra a Covid-19.

Desde o início da pandemia, a Índia acumulou 211.853 óbitos e mais de 19,1 milhões de infeções, sendo o segundo país do mundo com mais casos, atrás dos Estados Unidos, e o quarto com mais óbitos, depois dos EUA, do Brasil e do México.

(Notícia atualizada às 15h53 com a decisão de manter a cerca sanitária em Nova Deli durante mais uma semana)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Índia ultrapassa 400 mil casos num só dia. É um novo recorde mundial

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião