Serviço de internet por satélite de Musk já tem 500 mil encomendas

  • ECO
  • 5 Maio 2021

"A única limitação é a alta densidade de utilizadores nas áreas urbanas", disse Elon Musk, sem adiantar uma data específica para o lançamento do serviço que será disponibilizado também em Portugal.

A SpaceX já recebeu mais de 500 mil encomendas para o seu serviço de internet via satélite Starlink, não prevendo quaisquer problemas técnicos para responder a essa procura, disse o fundador da empresa, Elon Musk.

“A única limitação é a alta densidade de utilizadores nas áreas urbanas”, tweetou Musk esta terça-feira, em resposta a uma publicação de um jornalista da CNBC, em que este referia que os depósitos de 99 dólares que as pessoas fizeram para “reservar” o serviço eram totalmente reembolsáveis ​​e não garantiam o mesmo. “Mais um desafio quando chegamos à faixa dos vários milhões de utilizadores”, acrescentou.

A SpaceX ainda não definiu uma data para o lançamento do serviço Starlink, mas este provavelmente não será oferecido em 2021, tal como tinha sido planeado anteriormente. A empresa planeia colocar 12.000 satélites, num processo que custará cerca de dez mil milhões de dólares.

Este serviço também ficará disponível em Portugal, dado que a SpaceX criou a empresa Space Exploration Technologies Portugal – SXPT, de forma a fornecer internet via satélite no mercado português até ao final de junho, de acordo com o regulador Anacom.

A Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FCC) aprovou no mês passado o plano da SpaceX para implantar alguns satélites Starlink numa órbita terrestre mais baixa do que o planeado, mas incluiu uma série de condições para garantir a segurança do plano.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Serviço de internet por satélite de Musk já tem 500 mil encomendas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião